GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

A maior explosão antes da era atômica

Na manhã de 6 de dezembro de 1917, um acidente quebrou a rotina da cidade Halifax, um Próspero porto canadense, de onde partiam navios para o front, na primeira Guerra Mundial. Às 8h45, dois cargueiros colidiram. Nada de mais grave, não fosse um trágico detalhe: um deles, o Francês Mont Blanc, carregava mais de 2 500 toneladas de explosivos. Um incêndio irrompeu no convés e, descontrolado, o navio queimou durante vinte minutos. Então, o navio explodiu como uma imensa granada. Fragmentos incandescentes voaram em todas as direções, destruindo 1 630 casas, matando 1 700 pessoas e ferindo 4 000. No Final, o numero de mortos ultrapassou o daqueles que pareceram no famoso terremoto de San Francisco, em 1906. Por ser a maior explosão registrada até então, a tragédia de Halifax foi estudada a fundo pelo físico americano J.R. Oppenheimer, que mais tarde contribuiria com seus conhecimentos para fabricar uma explosão ainda maior: a da primeira bomba Atômica.