GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como falar em público

Alterações para afugentar o tédio, interação e conhecimento do público, além de uma dose saudável de autocrítica, são as chaves para que você dê o seu recado. Mas, por favor, maneire no PowerPoint

 (Sattu/Superinteressante)

1. Ria de si mesmo

Se cometer alguma gafe e o público achar graça, ria com ele e prossiga. E não precisa pedir desculpas, pois isso passa uma impressão de insegurança e despreparo.

2. Frase-resumo

Comece com uma frase de efeito, que resuma seu tema e conquiste o público. Em jornalismo é o que a gente chama de lead: pôr o mais importante logo no início.

3. Lei dos 5 minutos

O público não mantém a concentração por mais de 6 minutos. Para garantir o foco, a cada 5 minutos, altere algo: sua posição, o volume da voz, o slide da apresentação.

4. Vídeo autocorretivo

Grave-se falando. Só aí você repara e se livra de muletas como “tipo…” e “né?”, pausas como “ããã” ou “ééééééé” e cacoetes como coçar a cabeça e ajeitar as calças.

5. Power Point com moderação

A ideia é falar, não ler em público. Para isso, deixe o mínimo de texto em cada slide. A apresentação deve auxiliar, mas jamais ofuscar o palestrante.

6. Conheça o público

Saiba quem é sua plateia e o que ela espera de você – não pague o mico de saber menos que ela. Além disso, esteja atento à reação das pessoas e dê espaço à interação.

BÔNUS ANTIBRANCO

Basta usar a frase: “Na verdade, o que eu queria dizer é…” Esse artifício obriga você a recontar a mensagem de outra maneira, e isso pode livrá-lo da armadilha do “branco”.

 

Fontes: Osório Antônio Cândido da Silva, professor de técnicas de comunicação e expressão verbal da Faculdade Cásper Líbero; Reinado Passadori, presidente e fundador do Instituto Passadori de Comunicação Verbal; Reinaldo Polito, mestre em ciências da comunicação, professor de oratória e autor de Superdicas para Falar Bem e Seja um Ótimo Orador; William Douglas, conferencista e autor do livro Como Falar Bem em Público.