GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Doenças – Cada corpo, uma sentença

Quer uma consulta médica grátis, fácil, indolor? Olhe-se no espelho. Há quem diga que dedos, tamanho da cabeça ou barriga podem revelar muito sobre sua saúde

Perda de olfato? Morte próxima

Pesquisadores do Ruch University Medical Center, em Chicago, perceberam uma associação imprevista entre a perda do olfato e a proximidade da morte. Eles pediram a 1 162 velhinhos que não sofriam de mal de Parkinson, demência ou qualquer doença que afetasse seu juízo que tentassem reconhecer 12 cheiros familiares. Na análise inicial, os cientistas notaram que o risco de morte era até 36% maior entre os que tiveram uma pontuação baixa (acertaram até 6 odores) comparado a quem acertou pelo menos 11 cheiros.

Altas têm mais câncer

A cada 10 centímetros de altura extra, o risco de uma mulher desenvolver 10 tipos de câncer aumenta em 16%, descobriu um estudo da universidade de Oxford com 97 mil mulheres. Entre as de 1,52 metro, há 750 casos de câncer por 100 mil mulheres/ano. Nas de 1,75 metro, são mil cânceres por 100 mil/ano. Há duas teorias: hormônios de crescimento na infância podem resultar em risco de câncer maior quando adultas, ou pessoas altas têm mais mutações carcinogênicas por terem mais células.

Cabeçudos têm demência mais leve

Quanto maior a cabeça do paciente de Alzheimer, melhor sua memória. É que um crânio avantajado significa mais reserva de cérebro para ser devorada pela demência, concluíram cientistas da Universidade de Munique, em estudo com 270 pacientes. Para cada 1% de células mortas, um centímetro a mais de cabeça deu em resultados 6% melhores em testes de memória.

Unhas predizem câncer de pulmão

Os pedacinhos que voam quando cortamos as unhas são os melhores meios para identificar o nível de nicotina no corpo, e, com isso, o risco de ter câncer de pulmão. Em estudo com 800 homens, os de níveis mais altos tinham risco 3,57 vezes maior do que os de níveis menores. O louco é que mais de 10% dos homens com mais nicotina jamais fumaram.

Barriga pode causar demência

Em 733 pessoas com cerca de 60 anos, a gordura visceral foi associada a um volume menor de cérebro. É possível que a gordura em excesso dispare uma inflamação – que, por sua vez, estressa nosso corpo. Já se sabia que a inflamação crônica é relacionada a doenças cardíacas, e agora se desconfia que também afete o cérebro.

O indicador mede risco de câncer de próstata

Homens com dedo indicador maior do que o anelar têm menor probabilidade de desenvolver câncer de próstata, descobriu um estudo publicado em 2010 no British Journal of Cancer. Isso porque o comprimento dos dedos é determinado pelos níveis de hormônios sexuais ainda no útero. Um nível menor de testosterona nessa fase pode proteger contra o câncer de próstata – e também deixar o indicador maior. A pesquisa foi feita comparando as mãos de 1 500 pacientes de câncer de próstata com as de 3 mil homens saudáveis.