Clique e Assine por apenas 8,90/mês

Mãos ao alto, passe a memória

Ladrões de Bogotá, na Colômbia, estão usando em suas vítimas uma droga chamada escopolamina, que provoca entorpecimento e sintomas parecidos com a amnésia.

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h54 - Publicado em 30 nov 1991, 22h00

Além de roubar dinheiro, jóias e cheques, como seus colegas do mundo inteiro, os ladrões de Bogotá, na Colômbia, estão levando até a memória de suas vítimas. Parece coisas dos vilões das estórias de Batman: em lugar da violência das armas, os gatunos usam uma droga chamada escopolamina provoca entorpecimento e sintomas parecidos com a amnésia. Quem sofre uma intoxicação dessa substância continua sabendo quem é e continua a cumprir suas tarefas cotidianas, mas não consegue se lembrar do que fez.

Num dos casos registrados num hospital de Bogotá, uma mulher de 28 anos lembrava-se apenas de ter deixado o escritório pela manhã, não conseguindo recordar o que lhe acontecera nas quatro horas seguintes, depois de ser abordada por um home bem-vestido. Nesse período de amnésia, ela havia sacado do banco todo o seu dinheiro e tirado as jóias de casa, tendo certamente entregue tudo ao ladrão, sem o menor traço de memória do que havia feito.

Publicidade