GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Mulher cientista sofre muito mas ganha Prêmio

Gertrude Elion trabalhou anos como secretária, em uma época em que laboratórios não empregavam mulheres. Quando conseguiu pesquisar, descobriu remédios para o tratamento do câncer e ganhou o Nobel de Bioquímica de 1988.
Rita Levi-Montalcini ganhou o Nobel de Medicina em 1986, por possibilitar a compreensão de doenças como o mal de Alzheimer. No começo de sua carreira teve que usar agulhas de costura como microbisturis. Já Marie Curie, duas vezes Prêmio Nobel (Física em 1903 e Química em 1911), teve que fazer seu laboratório em um galpão insalubre. O livro Nobel Prize Women in Science, de Sharon Bertsch McGrayne, é um empolgante relato da vida dessas e de outras brilhantes cientistas. A Marco Zero publica a versão brasileira do livro no começo do ano que vem. Se você não quiser esperar, pode encomendar o original em inglês na Livraria Cultura.