GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Noite – Vale-tudo

O que não falta nas maiores metrópoles do planeta é festa estranha com gente esquisita. Lugares onde tudo é possível, onde ninguém vai reparar se você...

…Entrar em coma alcoólico – The Clinic (Cingapura)
Noites de bebedeira desmedida podem eventualmente acabar em um hospital. Em Cingapura, no entanto, é possível pegar um atalho. Instalado em Clarke Quay, uma zona boêmia de Cingapura com jeitão de parque temático, o bar The Clinic serve coquetéis em bolsas de soro, seringas e pastilhas efervescentes. Em algumas mesas, os pacientes, perdão, clientes, sentam-se em cadeiras de rodas; em outras, acomodam-se em sofazinhos adaptados em camas hospitalares. Como não poderia deixar de ser, os garçons circulam vestidos de médico, e trocadilhos com nomes de doenças e remédios permeiam a decoração e o cardápio. Contraindicado para quem tem medo de injeção ou treme só de ver um avental branco. www.theclinic.sg

…Ficar de bode a noite toda – Feeling Gloomy (Londres)
Estar numa festa cercado de gente sorridente pode ser um insulto quando se está na fossa. Vem daí o sucesso da festa Feeling Gloomy, onde deprimidos e melancólicos se encontram para estar entre semelhantes, num lugar isolado da felicidade que assola o planeta. Trata-se do (autointitulado) único clube do mundo dedicado a música triste – o último Halloween foi com clássicos do Depeche Mode. Apesar do bad mood, os criadores, Leonard e Cliff, sonham alto: querem um mundo onde homens e mulheres possam compartilhar sua melancolia sem medo de parecer ridículos. Por ora, o mundinho se materializa aos sábados no clube O2 Academy2 Islington, em Londres, e já tem edições mensais em Nova York e Berlim. www.feelinggloomy.com

…Passar horas no banheiro – Ginglik (Londres)
Em festa boa, como todo mundo sabe, o banheiro é um lugar crucial. Ali surgem amizades inesperadas, tramam-se estratégias, revelam-se ódios contidos, afogam-se mágoas e outras cositas más. Que tal, então, transferir a festa de uma vez para o seu centro neurálgico? Um banheiro público masculino, subterrâneo e construído para as olimpíadas de 1908, foi convertido no Ginglik, um clube underground onde acontecem shows de arte, stand up comedy, cabarés… Sem perder o apelo que um belo chão de azulejo pode ter sobre um boêmio. www.ginglik.co.uk

…Preferir a decadência ao hype – Aunt Charlies Lounge (San Francisco)
Localizado em plena boca do lixo, no Tenderloin, este inferninho é um templo em forma de cabaré. Drag queens lendárias passaram e ainda passam por ali, algumas sexagenárias, sempre nos shows de sexta e sábado, às 10 da noite. Entre o público, tem de tudo. A bebida é barata. E gorjetas são bem-vindas – separe notas de 1 dólar para distribuir a cada cover de Kate Bush ou Barbra Streisand. www.auntcharlieslounge.com