Clique e assine a partir de 8,90/mês

O Cancioneiro

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h53 - Publicado em 31 jul 2005, 22h00

Francesco Petrarca

NOME ORIGINAL_II Canzoniere (Itália)

EDIÇÃO EM INGLÊS_ Indiana University Press; 1999

DO QUE TRATA

Continua após a publicidade

Em sua obra, Petrarca procurava a construção de uma escrita elegante e clara. Um de seus maiores feitos foi o aperfeiçoamento do soneto, que e tornou o principal veículo da poesia lírica nos séculos que se seguiram. É em sonetos a maior parte de O Cancioneiro, dedicado à musa Laura. Os 366 poemas do livro estão divididos em suas partes, sobre e a vida e a morte de Laura. A real identidade da musa ainda é controversa: especula-se que ela seria Laura de Noves, uma nobre de Avignon.

QUEM ESCREVEU

Petrarca (1304-1374) foi o mais humanista dos humanistas. Passou vida devotado a resgatar a herança da Antigüidade clássica e escrevia ao renomado poeta latino Cícero, morto 1200anos antes de seu nascimento, com a intimidade de quem fala a um amigo próximo.

POR QUE MUDOU A HUMANIDADE

Continua após a publicidade

O resgate da Antigüidade empreendido por Petrarca foi uma das pedras fundamentais para o surgimento do Renascimento italiano. Com Petrarca, nasce finalmente a figura do intelectual separado da vida pública e fechado em seu mundo literário. É dele também a criação do conceito de “Idade das Trevas” para designar a Idade Média, em oposição à Antigüidade.

 

Publicidade