Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Os Sofrimentos do Jovem Werther

Por Da Redação Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 out 2016, 18h45 - Publicado em 31 jul 2005, 22h00

Johann Wolfgang Goethe

NOME ORIGINAL_Die Leiden des Jungen Werther (Alemanha)
EDIÇÃO NO BRASIL_ Martins Fontes; 2000


DO QUE TRATA

Romance epistolar em que o jovem Werther conta ao amigo Wilhelm a história de seu amor impossível pela bela Charlotte, prometida em casamento para outro. De temperamento sensível e artístico, ele não consegue esquecê-la e no final acaba se suicidando com um tiro de pistola na cabeça. Quando lançado na Europa, o livro inspirou uma leva de jovens leitores, que passaram a se vestir como o protagonista. Atribui-se a ele uma onda de suicídios na época. Dizem que a história surgiu a partir de uma paixão não correspondida de Goethe, que afirmou ter matado Werther para poder sobreviver.

QUEM ESCREVEU

Continua após a publicidade

Goethe (1749-1832) é um dos maiores nomes da literatura alemã. Formou-se em Direito e ocupou vários cargos políticos. Tinha muito interesse por alquimia e ciência e fez descobertas pesquisando plantas e animais. Sua “teoria das cores” influenciou os pintores Kandisnky e Mondrian. Participou das guerras napoleônicas, combatendo a França. Autor também de Fausto, conviveu com grandes artistas da cultura alemã, entre eles Hegel e Schiller.

POR QUE MUDOU A HUMANIDADE

O livro inaugura o romantismo. Mais do que o trágico e impactante final, a grande ruptura realizada por Goethe no livro foi a expressão do desejo pelo impossível, um dos conceitos-chave para se entender as bases do pensamento romântico.

 

Continua após a publicidade

Morreu por amor

Como foi o suicídio de Werther

“Pela manhã, às 6 horas, o criado entrou no quarto com a luz. Encontrou o seu senhor no chão, viu a pistola e o sangue. Chamou-o, mexeu nele; nenhuma resposta, ele ainda agonizava. Correu em busca dos médicos e de Albert. Lotte ouviu alguém tocar a campanhia e um tremor convulsionou-lhe todos os membros (…). Tinha atirado na cabeça, logo acima do olho direito, fazendo saltar os miolos. Pelo sangue espalhado no espaldar da cadeira, concluiu-se que ele realizara seu intento sentado à escrivaninha, caíra em seguida, rolando convulsivamente em volta da cadeira. Estava estendido de costas perto da janela, inerte, todo vestido e calçado, de casaca azul e colete amarelo. (…) Do vinho, bebera somente um copo.”

(Wilhelm, amigo de Werther, escreve após a morte do companheiro)

(Tradução de Erlon José Paschoal)

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.