GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Ossada imperial

Uma ossada encontrada na Rússia pode ser do czar Nicolau II.

Crânios e pedaços de ossos enviados a laboratórios ingleses vão dizer se cinco esqueletos encontrados em uma cova na floresta de Ekaterinbourg, na Rússia, são mesmo do czar Nicolau II e de sua família. A polêmica em torno das ossadas vem desde 1991, quando o geofísico Alexander Avdonine encontrou uma sepultura, perto de uma vila onde teria se refugiado o monarca russo ao explodir a Revolução de 1917.

Até onde se sabe, a família real foi vista pela última vez na noite de 17 de julho de 1918, quando, talvez, tenha sido fuzilada: o czar, a czarina Alexandra e três dos cinco filhos do casal. O governo russo jamais confirmou a execução e, em vários países (inclusive no Brasil), há quem diga ser um dos dois herdeiros que escaparam do fuzilamento. De certo mesmo existem descendentes da família real na Inglaterra. Os ossos serão agora comparados com amostras de tecidos e de sangue para se estabelecer se são, de fato, do czar e sua família.