Clique e assine a partir de 8,90/mês

Pegue e faça

O polêmico caminho do autoconhecimento sexual

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h46 - Publicado em 2 fev 2013, 22h00

54. Masturbação desperdiça espermatozoides?
Não, porque os testículos mantêm a produção constante. São cerca de 15 trilhões durante a vida.

55. Fazer demais vicia?
A masturbação não é a causa, mas, sim, a compulsão. Da mesma forma que é possível ser viciado em comida, drogas, álcool, sexo, compras, Angry Birds… Se você é dependente da prática ou se ela impede você de estudar, trabalhar, sair ou se relacionar, é vício.

56. E pode dar espinha?
Não, nem deixa um braço maior do que o outro, não faz crescer peitinhos nem nascer pelo na mão, não causa cegueira nem perda de memória. Essas lendas urbanas existem desde sempre para inibir a prática e “não derramar a semente no chão”, como diz a Bíblia. Na Idade Média, era considerada mais grave do que incesto. Sabe-se que ela pode ajudar no conhecimento das nossas próprias respostas sexuais e na preparação do corpo para o contato com o outro. E acontece em todas as idades, desde a infância até a velhice.

Publicidade