Clique e assine a partir de 5,90/mês

Quadrados imaginários

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h46 - Publicado em 30 set 1999, 22h00

Luiz Dal Monte Neto

Lançado há trinta anos, o pouco conhecido jogo Quadrado Perfeito, criado pelo artista e inventor potiguar Abraham Palatnik, é um quebra-cabeças de respeito. Sobre um tabuleiro de xadrez, os jogadores primeiro instalam e, depois, movimentam peças quadradas e redondas.

O objetivo do jogo é posicionar os cubos de modo que eles formem os vértices – apenas os vértices – de um quadrado de qualquer tamanho. Quem conseguir primeiro vence. É bastante engenhoso. Se você estiver em São Paulo, aproveite para testar in loco suas habilidades formando difíceis quadrados na exposição Cotidiano/Arte: A Técnica, no Instituto Itaú Cultural. Vários tabuleiros com esse jogo estão expostos para os visitantes jogarem.

O que você tem que saber

• Jogo Quadrado Perfeito

• Exposição até 24 de outubro

• Itaú Cultural, São Paulo: 11-238-1916

Continua após a publicidade
Publicidade