GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Quando o pequeno abala um gigante

Como uma ave pode derrubar um avião?

Uma trombada pode dar muito trabalho para a tripulação, mas dificilmente derruba uma aeronave grande. A parte mais vulnerável é a turbina, que pode até parar de funcionar, mas os aviões maiores têm quatro delas. Quem corre mais risco são os monomotores. Há partes da aeronave que, se forem atingidas, podem tornar uma viagem ou um pouso difíceis. Os riscos são mais sérios quando o avião está voando baixo, pois as aves não passam dos 3 000 metros de altura. Vários aeroportos adotam técnicas de proteção, como aparelhos que emitem sons para afastar os bichos. “Além disso, as aeronaves passam por testes para verificar se sua estrutura suporta impactos”, conta o engenheiro mecânico Fernando Franchi, da Empresa Brasileira de Aero-náutica (Embraer).

Os piores lugares para uma trombada

Há partes da aeronave em que o impacto com um pássaro é perigoso.

Se o leme for danificado, a dirigibilidade da aeronave fica comprometida

Uma avaria na cauda pode destruir um profundor, a peça que faz o avião subir e descer.

Um impacto com o aileron, que inclina o avião na hora da curva, pode destruí-lo.

Na frente, um impacto pode romper o vidro e atingir o piloto, além de causar despressurização.

O choque do pássaro com a turbina entorta as pás que puxam o ar, provocando vibração. Se uma delas quebrar, pode bater no motor e travá-lo.