GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Quem é mais esperto, você ou a sua bicicleta?

Se comparássemos o cérebro humano com um computador, qual seria a sua velocidade de processamento, em megahertz? E a memória, em gygabytes?

Esse cálculo é impossível. Como escreveu o físico James Trefil (veja em Tempo Livre, na página 80), “o cérebro é tão parecido com um computador quanto com uma bicicleta”. Na máquina, um único chip toma todas as decisões. “Já os neurônios são 100 bilhões, cada um ligado a milhares de outros”, descreve o engenheiro eletrônico João Zufo, da Universidade de São Paulo. Enquanto o chip só sabe responder sim ou não (1 ou 0), o cérebro tem milhões de possíveis caminhos. Em função dessa rede intrincada, nós nem sempre fazemos o que é mais lógico. “Pela mesma razão, as máquinas, que têm percursos bem mais simples para percorrer, não conseguem ser criativas ou surpreendentes”, diz Zufo.