Clique e assine com até 75% de desconto

Só o dono pode puxar o gatilho

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h51 - Publicado em 22 jul 2009, 22h00

Um em cada quatro policiais assassinados nos Estados Unidos é morto com sua própria arma. Essa informação do Departamento de Justiça americano foi divulgada junto com a decisão de se investir num projeto de uma arma que só dispare quando empunhada por seu dono. A idéia é dotar os revólveres de sensores que identifiquem o seu proprietário — seja pela pressão da mão, temperatura ou impressões digitais —, travando o mecanismo de disparo caso esteja em mãos erradas.
“Uma arma deste tipo pode deixar a polícia e o público mais seguros”, diz David Boyd, diretor científico do Departamento de Justiça. Um revólver que só dispare quando acionado por seu dono teria uma vantagem importante: evitar as centenas de acidentes com crianças, feridas ou mortas brincando com as armas dos pais.

Publicidade