GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Super Mário: aventuras de um bigode de 64 bits

Prepare-se. Agora o Super Mario está mais veloz e faz manobras incríveis em 3D.

Dá para imaginar que, nos últimos doze anos, um game da Nintendo foi vendido a cada três segundos em algum lugar do mundo? Muito desse sucesso se deve a um encanador ítalo-americano, baixinho e bigodudo, chamado Mario. Criado por Shigeru Miyamoto, o personagem foi a grande estrela do setor de videojogos de 8 bits. A concorrência reagiu com games da geração 16 bits. Mas Mario sempre continuou por cima. Agora, enquanto a Sony e a Sega investem pesado na criação de jogos de 32 bits, a Nintendo resolveu extrapolar e partir direto para projetos de 64 bits. Muitos acharam que ignorar o mercado para 32 bits era coisa de kamikaze, mas a ousadia de Miyamoto valeu a pena. Previsto para chegar este mês ao Brasil, o Nintendo Ultra64 promete ser revolucionário.

Os novos consoles (com tecnologia inspirada nos supercomputadores da Silicon Graphics) permitem incríveis efeitos 3D e rotações de 360 graus. Com isso, o intrépido Mario faz manobras super-radicais. Pode se deslocar, voar e atirar objetos em todas as direções, e não apenas nas duas dimensões anteriores. E mais: pode ser jogado por quatro pessoas ao mesmo tempo.

Assim falou o Spielberg dos games

Shigeru Miyamoto, o homem que criou o bigode mais famoso do mundo, é um japonês de 43 anos que vai para o trabalho de bicicleta e adora usar gravatas com estampas do Mickey. Da Nintendo em Kyoto, no Japão, Shigeru Miyamoto respondeu pela Internet para a SUPER:

Quem ganha a briga: cartuchos ou CD-ROMs?

Ambos têm vantagens e desvantagens. Mas é bom lembrar que com o Super Mario 64 pode-se explorar a potencialidade do mundo 3D sem ser interrompido com mensagens do tipo “now loading” (carregando).

Os games vão interagir com a Internet no futuro?

Para alcançar o grande público, os jogos precisam ser baratos e de fácil acesso. A Internet ainda não é prática e continua um pouco cara. Por isso, acho que PCs coexistirão com os consoles durante os próximos cinco anos, no mínimo.

Como surgiu Mario?

Quando criamos o personagem para o game Donkey Kong, em 1977, a tecnologia disponível era limitada. Para que as pessoas percebessem que ele tinha um rosto, fizemos um nariz bem grande e um bigode. Como ele pulava muito e não tínhamos como reproduzir o movimento dos cabelos, decidimos que usaria boné.