Clique e assine a partir de 8,90/mês

Superman: o corpo mais cobiçado

Aos 62 anos, o Super-Homem continua sendo modelo de beleza masculina

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h46 - Publicado em 31 ago 2000, 22h00

O tempo passa, mas os estereótipos persistem. O Super-Homem, 62 anos depois de ter sido criado pelos americanos Jerry Siegel e Joe Shuster, continua a representar o homem ideal. A pesquisa foi feita pelo médico Harrison Pope, do Hospital McLean, nos Estados Unidos, que, para isso, entrevistou 200 jovens das cidades de Boston, Paris, na França, e Innsbruck, na Áustria. Durante o teste, os participantes viram um esboço masculino padrão, que podiam alterar à vontade na tela do computador. Eles primeiro representaram seu próprio corpo; depois, como gostariam que ele fosse. Entre os desenhos finais dos três países, emergiu uma forma atlética, bem semelhante à do homem de aço. Já as mulheres submetidas ao mesmo exame esboçaram corpos masculinos de aparência comum – não muito distante do figurino de Clark Kent, o tímido repórter que esconde a identidade secreta do homem de aço.

Publicidade