GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Transporte público para combater o autismo

Previsibilidade do metrô tranquiliza vítimas do distúrbio

Felipe Van Deursen

O Museu do Trânsito de Nova York resolveu dar mais atenção a um de seus públicos mais fiéis: crianças autistas. Seguindo os passos do Museu dos Transportes de Londres, a instituição lançou em agosto um programa extracurricular chamado Subway Sleuths (“detetives do metrô”), com foco em autistas de 9 e 10 anos. O objetivo é usar a história do metrô da cidade para ajudar as crianças a se conectarem com o mundo. Elas são estimuladas a fazer seminários sobre o transporte subterrâneo e, assim, trabalhar a comunicação com outras pessoas. Segundo o programa, autistas se sentem confortáveis com a previsibilidade do metrô e suas linhas, pontos e horários determinados. De acordo com o jornal The New York Times, as crianças que participam do programa são fanáticas pelo sistema de transporte a ponto de saber até o número de degraus de cada estação da cidade.