GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

4 coisas para lembrar antes de assistir à nova temporada de Stranger Things

Veja quais detalhes você precisa ter em mente antes de voltar a Hawkins

Quase dois anos depois, uma das séries de maior sucesso da Netflix finalmente voltou para sua terceira temporada. Os oito episódios de 50 minutos cada são perfeitos para uma maratona. 

Mas antes de sentar no sofá e dar play, é possível que você tenha esquecido de alguns detalhes importantes que aconteceram na série. Não é à toa: a segunda temporada de Stranger Things estreou em outubro de 2017. Por isso, separamos os principais acontecimentos da última temporada que podem ser cruciais nos próximos episódios. Veja o que você precisa lembrar antes de começar a maratonar a nova temporada.

Eleven descobre quem é sua mãe biológica

 (Netflix/Reprodução)

Ainda restam muitas dúvidas sobre o passado de Eleven. Em uma busca por respostas sobre si mesma, a garota consegue usar seus poderes para se comunicar com sua mãe biológica, Terry Ives.

Eleven foi torturada e estudada das formas mais cruéis no laboratório de Hawkins. Seu nome verdadeiro, inclusive, é Jane. “Eleven” ou “Onze” é o número dado à garota para identificá-la como um experimento.

Eleven (ou Jane) recebe parte das memórias de Terry. A garota percebe que sua mãe fez de tudo para resgatá-la do laboratório, mas não conseguiu. Eleven também nota mais um detalhe nas memórias da mãe: existe uma outra garota com poderes. Sem pensar duas vezes, Eleven parte em busca dela.

Existem outras pessoas com superpoderes

 (Netflix/Reprodução)

Conhecemos alguns dos poderes de Eleven desde a primeira temporada, como a telecinese — habilidade de movimentar objetos usando o poder da mente. O que não sabíamos é que ela encontraria outra jovem que passou pelos mesmos traumas que ela.

Na segunda temporada, Eleven encontra Kali, uma garota que também possui superpoderes. Kali tem o número oito tatuado no braço, mostrando que ela era um dos outros experimentos do laboratório. 

As duas passam um tempo juntas e aprendem a desenvolver seus poderes, mas Eleven precisa se despedir dela e ajudar seus amigos. Essa parte da trama é deixada de lado, mas tudo indica que ela poderá se desenvolver na nova temporada.

Will foi possuído pelo Monstro das Sombras

 (Netflix/Reprodução)

Não bastou ficar preso no Mundo Invertido durante a primeira temporada inteira. Mesmo depois de ser resgatado, Will continuava a ter visões sobre aquele universo paralelo. Uma criatura nova e estranha começou a aparecer nessas visões: o Monstro das Sombras. 

Ele é bem diferente do Demogorgon que os garotos viram na primeira temporada. O Monstro é gigantesco e assustador. Com o passar do tempo, o garoto começa a ver o Monstro com cada vez mais frequência, até a relação entre os dois ficar estreita demais.

O Monstro possuiu o corpo e mente de Will. Para exorcizá-lo, sua família aqueceu o corpo do garoto ao extremo. Enquanto isso, Eleven vai para o laboratório com Hopper para tentar fechar o portal que ainda conecta os dois mundos, e aí…

Eleven fechou o portal para Mundo Invertido — pelo menos é o que ela acha

 (Netflix/Reprodução)

Depois de um esforço tremendo que quase custou sua vida, Eleven consegue fechar o portal. Ela e seus amigos prendem todos os monstros no Mundo Invertido, finalmente trazendo paz para a cidade de Hawkins. 

A segunda temporada termina com o baile de inverno do colégio. Mike e Eleven, assim como Lucas e Max, se beijam pela primeira vez (podemos esperar o desenvolvimento dos romances na terceira temporada) e toda a turma de amigos parece estar bem.

Porém, na última cena da série percebemos que as coisas não estão bem resolvidas. O Monstro das Sombras aparece atrás de uma versão “invertida” do colégio, mostrando que ele não morreu e alguma ligação entre os dois mundos ainda pode estar aberta.