GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como Bran pode ter colocado Westeros em perigo

Está chegando o fim da temporada de Game of Thrones. Até agora, o Rei da Noite tem pegado leve com os Sete Reinos, mas há quem acredite que isso não era à toa. Será que é agora que o inverno chega? (Contém spoilers)

ATENÇÃO: SPOILERS!

…..

…..

Os White Walkers rondam o norte da Muralha desde o começo da série. Até agora, eles pareciam uma ameaça distante das tramas políticas de Westeros, quase como uma lenda folclórica que a maioria dos personagens acha difícil de acreditar. Mas depois da morte horrível de Hodor (e do lobo Verão), sabemos o que eles estavam esperando. Os mortos precisavam de Bran.

Por algum tempo, os fãs da série especularam que a Muralha seria derrubada e, assim, os White Walkers conseguiriam passar. De acordo com essa teoria, os zumbis encontrariam o Corno de Inverno (ou Corno de Joramun), um chifre com propriedades mágicas que poderia levantar gigantes da Terra, e que teria sido encontrado por Mance Rayder (o finado rei-pra-lá-da-muralha, que juntou o Povo Livre há algumas temporadas). Isso até pode vir a acontecer, mas a teoria de que Bran é a chave que abre portas para os White Walkers é bem mais provável.  

LEIA: Compare o tamanho dos exércitos de Game of Thrones

Siga o raciocínio: sabemos que a caverna do Corvo de Três Olhos, onde Bran esteve treinando seus poderes esse tempo todo, era protegida por algum tipo de magia. Bom, isso até o jovem Stark resolver dar uma de rebelde sem causa e quebrar as regras das visões do passado, o que dá ao Rei da Noite a oportunidade de tocar o braço do moleque. Uma vez que isso acontece, o Corvo diz que Bran foi “marcado” pelos mortos – e o encanto protetor da caverna se quebra. Os White Walkers invadem o lugar, matam o Corvo de Três olhos, e, na fuga de Bran, morrem Hodor, uma das Crianças da Floresta e o Verão. 

Mesmo assim, Bran consegue fugir e reencontrar seu tio Benjen (aquele cara que a gente achou que tivesse morrido lá na primeira temporada). Agora, os dois – e Meera, a garota que o acompanha desde a quarta temporada – estão tentando encontrar Jon Snow e Sansa ao sul da muralha. Mas é justamente aí que está o problema – e a explicação para a teoria de que Bran vai ferrar Westeros de vez. 

A Muralha não é só uma parede gigantesca de gelo e metal – ela provavelmente foi construída com uma ajudinha mágica. Como a parede tem milhares de anos de existência, ninguém tem certeza disso, mas convenhamos: a coisa é grande demais para ter sido sem magia. Fora que o próprio George R.R. Martin já disse que há mais do que gelo naquela muralha.  

LEIA: 9 pessoas reais que inspiraram personagens de Game of Thrones

Então, se o poder protetor da Muralha vem da magia e não de seu tamanho, Bran acaba de errar feio e rude: o moleque vai precisar atravessar o paredão para reencontrar seus irmãos. E o que vem atrás dele? Isso mesmo: uma horda de White Walkers que agora têm pulseirinha VIP para entrar em Westeros. Isso explicaria por que os zumbis ficaram esperando tanto tempo por uma oportunidade de por as mãos no jovem Stark, e por que o Corvo ficou tão pirado quando o garoto foi “marcado”. O inverno está chegando. 

Depois do reencontro de Bran e Benjen, tudo indica que eles vão mesmo cometer esse erro: Benjen convenceu Bran de que ele precisa estar no mundo dos homens para receber os Walkers. Se a teoria estiver correta, o bicho vai pegar, porque agora Westeros não está em condições de lutar: Daenerys e seus dragões estão chegando ao sul, e, no norte, o exército de Jon Snow está cansado e defasado depois da conquista de Winterfell. Ninguém está preparado – então é melhor a gente rezar para os deuses antigos, para os novos e para o deus do fogo para que a teoria não esteja certa (mas que seria um ótimo final de temporada, seria).