GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Como visitar um museu

Caro visitante: a exposição abaixo reúne condutas desejáveis para proporcionar uma experiência prazerosa em exibições de arte, história ou ciências

 (Estúdio Pingado/Superinteressante)

1. Planeje o tour

Acesse o site do museu para mapear as grandes atrações e seus pontos de interesse. Veja essas obras primeiro – desde que não haja longas filas. O site também informa o dia da semana com entrada gratuita (cheio de gente) e quando o museu abre até a noite (dias que tendem a ser mais vazios).

2. Leia o resumo

Em geral, cada galeria ou exposição exibe um painel bem na entrada com um texto explicando o que você vai encontrar pela frente. Invista cinco minutos nessa leitura. O resumo vai nortear sua visita, fazendo você compreender o que o curador tinha em mente ao dispor e expor as peças.

3. Não maratone…

Se você exagerar no tour, só restarão lembranças do sofrimento físico e pouco conhecimento em meio a tanta informação. Se for passar o dia, faça uma pausa a cada duas horas para se hidratar e lanchar no museu – é caro, mas recarrega a energia para mais um ou dois rounds.

4. Não fotografe

Sair clicando é deixar de apreciar a obra que está a centímetros de você – e que você viajou milhares de milhas para ver. Além disso, é muito provável que você não revisite essas fotos. E tem mais: sua foto não será melhor que as disponíveis no Google ou nos livros à venda na lojinha do museu, à saída.

Dicas rápidas e práticas:
– Vá ao banheiro antes de começar a visita
– Vista roupas e sapatos confortáveis
– Após a visita, discuta suas impressões com gente que já conheceu o local. Isso fortalece o aprendizado e as experiências

Fontes: Patrícia Sant’Anna, doutora em história da arte pela Unicamp e consultora de pesquisa curatorial do MASP; Mila Chiovatto, coordenadora do Núcleo de Ação Educativa da Pinacoteca de São Paulo; Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), Museu do Louvre e Museu de História Natural de Nova York.