GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Escolhas

Alexandre Versignassi

1. MAD MAX COM QI
A civilização acabou numa guerra nuclear. Para quem sobreviveu, não existe praticamente mais nada para comer. A não ser outras pessoas. E quem não tem força ou estômago para o canibalismo vira presa dos canibais. Parece terror barato, mas não. Esse cenário é só pano de fundo para uma história inteligente e profunda sobre paternidade. Até que ponto a vida de um filho pode valer mais que a sua? Num mundo que desabou na barbárie é mais fácil saber. Não é à toa que o livro em que o filme é baseado (A Estrada, de Cormac McCarthy) ganhou o Pulitzer em 2007.
A Estrada >> Nos cinemas dia 9/4.

2. AS COPAS DOS OUTROS
Retrospectiva de copas passadas é sempre a mesma coisa: uma coleção de lances do Brasil e só. Para saber como foram mesmo os mundiais, a melhor fonte são os filmes oficiais da Fifa, que não puxam a sardinha para um ou outro time. E eles estão saindo em dvds mais baratos, nas bancas.
Copa do Mundo Fifa Abril Coleções, 15 dvds. De R$ 9,90 a R$ 19,90 cada.

3. TEORIA FINAL, UM DELÍRIO
Marcelo Gleiser, o único físico realmente famoso do Brasil, fez como muitos cientistas brilhantes: passou anos buscando por Deus – mais especificamente, por uma teoria final, que explicasse sozinha tudo o que existe no Universo. Desistiu. “Entendi que a ordem que impomos à natureza é a ordem que queremos para a nossa vida”, diz neste seu livro novo. E ele está certo? Não importa: a ciência é feita de incertezas mesmo. E aqui Marcelo deixa isso claro como poucos.
Criação Imperfeita, Marcelo Gleiser, 366 págs., R$ 49,90.

4. ALICE EM 4D

O Alice em 3D, que estreia dia 24/4, você já conhece. Mas existe um outro Alice. Esse estava perdido na 4ª dimensão, a do tempo. Mas chegou ao YouTube: é a primeiríssima versão para o cinema, feita em 1903. Trata-se de um dos filmes mais antigos a usar cores e efeitos especiais. A coisa parece Hermes e Renato hoje. Mas há 107 anos impressionava mais do que os malabarismos gráficos de Tim Burton.

5. EM BUSCA DO TEMPO PERDIDO
O Anvil é uma banda canadense dos anos 80 que quase deu certo. Ela juntou fãs no mundo todo e gravou 13 discos. Só que não vendeu nada. E agora o grupo dá shows em muquifos e faz trabalhos braçais para sobreviver. Mas mesmo assim ainda sonha alto. Essa história renderia um filme. E já virou o melhor documentário biográfico dos últimos tempos: The History of Anvil.
Passa no dia 28/3 no In-Edit, um festival de documentários em São Paulo. Só. Mas o dvd está à venda na Amazon.

6. BURROS E BEM PAGOS
Homens medíocres ainda ganham mais do que mulheres brilhantes, mesmo nas sociedades mais civilizadas. Por quê? Para a psicóloga Susan Pinker, o ponto é que os homens têm uma vantagem inata para conseguir empregos bem remunerados: uma natureza mais inconsequente ousada que a feminina. E na selva do mercado de trabalho isso pode contar mais do que toda a inteligência e sensibilidade do mundo.
O Paradoxo Sexual, Susan Pinker, Editora Best Seller, 402 págs., R$ 42,90.

7. DEPOIS DA VIDA, ANTES DA MORTE
Sam Parnia, da Universidade de Cornell, é um médico obcecado pela morte. Ele ficou intrigado com as histórias sobrenaturais das experiências de quase morte – aquilo de alguém dizer que se viu fora do corpo durante uma parada cardíaca, por exemplo. Então pesquisou centenas de casos e concluiu algo que o levaria à Santa Inquisição da ciência, caso existisse uma: a de que a consciência pode, sim, estar separada do cérebro.
O Que Acontece Quando Morremos, Sam Parnia, Editora Larrouse, 246 págs, R$ 32,90.

8. O NOVO BAND OF BROTHERS
A melhor série de guerra da história já tem uma 2ª versão: The Pacific. O front agora não é a Europa da 2ª Guerra, mas as ilhas do Oriente. Até o fechamento desta edição, não tinha data para estrear no Brasil – na HBO americana começou em março.
www.hbo.com/thepacific