GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

EXCLUSIVO | Disney deve criar sua 1ª princesa latina dos cinemas

Os diretores de "Moana", John Musker e Ron Clements, conversaram com a SUPER sobre a intenção

Dê uma olhada nas princesas da Disney. Não é muito difícil perceber que elas, em sua maioria, possuem uma característica em comum: são brancas. Mas um pouquinho mais de diversidade pode estar chegando à casa do Mickey. A SUPER conversou com os diretores John Musker e Ron Clements, que comandaram Moana, o mais novo filme da casa. No papo, eles revelaram que o estúdio está trabalhando no primeiro longa para os cinemas com uma princesa da América Latina.

Em entrevista exclusiva, os diretores, que já inseriram no universo da Disney princesas que que não eram brancas, falaram sobre a intenção da Disney – mas que não serão os responsáveis pela possível produção.

SUPER: Vocês foram responsáveis pela primeira princesa vinda do Oriente Médio (Jasmine, em Aladdin), a primeira princesa negra (Tiana, de A Princesa e o Sapo), e agora estão apresentando a primeira vinda da Oceania (Moana). O que vocês acham que falta para termos a primeira princesa da América Latina nos cinemas? Vocês têm vontade de fazê-la?

John Musker:  Eu sei que eles [da Disney] querem fazer isso. Com certeza querem fazer uma princesa que seja baseada em algum tipo de cultura hispânica.

Ron Clements: Há conversas a respeito disso…  Não podemos falar mais.

J.M.: Mas eu acho que algo relacionado a isso vai surgir. As coisas estão sendo discutidas. Não conosco, com outros artistas

R.C.:  É, a gente não pode falar mais porque esses projetos são meio secretos até que deixem de ser secretos.

A Disney já apresentou uma princesa latina no ano passado, Elena, feita para o filme Elena de Avalor – exibido diretamente no canal por assinatura Disney Channel. Mas, sem de fato chegar aos cinemas, o personagem teve divulgação limitada, e acabou não se popularizando. Na América Latina também é onde se passa Coco, primeiro filme da Pixar com personagens latinos. A animação chega aos cinemas ainda em 2017.

A entrevista completa com Clements e Musker você vê na SUPER na terça-feira, dia 10.