Clique e assine a partir de 8,90/mês

Festival online gratuito apresenta a mais recente produção cinematográfica francesa

Até 18 de fevereiro, 25 filmes franceses podem ser assistidos pela plataforma My French Film Festival.

Por Jessica Soares - Atualizado em 31 out 2016, 19h03 - Publicado em 22 jan 2016, 11h30

O ano sempre começa movimentado para os cinéfilos – está aberta a temporada de premiações e é tempo de tirar o atraso e conferir as produções que competem pela cobiçada estatueta de ouro. Mas, em 2016, os fãs da sétima arte têm um bom motivo para dar uma pausa na maratona de preparação para o Oscar: está no ar a 6ª edição do MyFrenchFilmFestival.com, festival que disponibiliza online, até o dia 18 de fevereiro, uma seleção de mais de 20 filmes que apresentam um panorama do cinema francês atual. Entre dramas, animações, romances, comédias, thrillers e documentários, a mostra gratuita reúne longas de diferentes estilos e temáticas – um esforço de mostrar a pluralidade da produção cinematográfica recente da França.
 

A cada ano, o festival é gratuito em algumas regiões do mundo. Em 2016, o Brasil faz parte dos territórios selecionados: usuários que acessarem o site a partir da América Latina, Índia, Polônia, Rússia, África e Romênia terão acesso aos filmes do festival sem custos. No restante do mundo, os interessados podem assistir aos longas-metragens pagando 1,99 euros (R$ 9) por filme ou 5,99 (R$27) para ter acesso a todos os longas que integram o projeto.

Os brasileiros podem assistir a 22 dos 25 filmes apresentados pela plataforma (o projeto não tem permissão para a distribuição no Brasil de três produções selecionadas). Ao todo, são 15 longa-metragens e 10 curtas, divididos em oito categorias: French Kiss, dedicada aos amantes; In Your Face, que reúne filmes com estéticas ou temas considerados transgressores; Paris Comedy, dedicada às comédias românticas; Crime Scene, que apresenta três thrillers policiais; Cinema, Cinemas, que traz documentários que lançam um olhar sobre a sétima arte; Animation, com curtas animados franceses; Lost Generation, que apresenta filmes que tratam de uma errante e atormentada juventude francesa; e Women’s Tales, que reúne cinco curtas produzidos por e sobre mulheres.

LEIA: 40 filmes com desfechos surpreendentes

Dialogando com o cinema francês mais recente, também fazem parte da seleção os filmes belgas Alléluia (2014) e Última porta sul (2015). Além disso, integram a mostra, fora da competição oficial, os longas Ascensor para o cadafalso (1958), de Louis Malle, um dos autores mais representativos da nouvelle vague; e Henri Henri (2014) e A vida é uma merda (2013), filmes francófonos canadenses.

Continua após a publicidade

Os usuários são convidados a votar em seus filmes preferidos e a deixar seus comentários no site. Além dos votos do público, os destaques do festival serão determinados pelo juri de cineastas presidido por Nicolas Winding, diretor dinamarquês de Drive (2011) e Bronson (2008), e formado pelo belga flamengo Felix Van Groeningen, diretor de Os Infelizes (2009) e Alabama Monroe (2012); por Marjane Satrapi, diretora franco-iraniana de Persépolis (2007) e Frango com Ameixas (2011); por Valérie Donzelli, diretora de A Guerra Está Declarada (2012) e Marguerite e Julien (2015); e por David Robert Mitchell, diretor americano responsável pelo terror Corrente do mal (2015). 

Os filmes podem ser assistidos online e catálogo completo da mostra está disponível aqui.

LEIA TAMBÉM:
Os melhores filmes de todos os tempos, segundo críticos e cineastas
Turistas na França: Bienvenu!
40 filmes com desfechos surpreendentes

Publicidade