GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Ficção científica: Quer mais espaço?

Duas séries que marcaram a ficção científica retornam em DVD. Perdidos no Espaço estreou em 1965, mas várias gerações puderam acompanhar seus episódios graças às intermináveis reprises. Galactica veio 14 anos mais tarde e teve só uma temporada, mas ganhou continuação e um remake sexy no final do ano passado. Ambas representam o auge criativo de seus autores. Irving Allen foi o rei da sci-fi dos anos 60. Além de Perdidos no Espaço, criou Túnel do Tempo, Terra de Gigantes e Viagem ao Fundo do Mar. O projeto original fazia a transposição do romance A Família Robinson, de Johann Wyss, para o espaço. Uma família se perde na primeira viagem da humanidade às estrelas – segundo Allen, em 1997. A coleção traz, além dos 29 episódios da primeira temporada, o piloto que nunca foi exibido. Nele, a história é um pouco diferente – não há, por exemplo, nem Robô nem Dr. Smith, o vilão favorito da TV. Galactica, de 1979, tem muito mais espaçonaves. Uma raça cibernética chamada Cylon destrói planetas e coloca a humanidade para correr em transportes sucateados, protegidos por apenas uma nave de batalha, a Galactica. O visual apurado é uma obra de John Dykstra, que dois anos antes havia chocado os cinemas com os efeitos de Guerra nas Estrelas. O lançamento se restringe aos três primeiros episódios, o que é uma pena. Logo depois, o elenco recebeu o reforço de Anne Lockhart, filha de June Lockhart, a matriarca de Perdidos no Espaço. Mais curiosa, só a participação de Jonathan Harris, ele mesmo, o Dr. Smith, dublando um Cylon no piloto de Galactica.

PERDIDOS NO ESPAÇO – A PRIMEIRA TEMPORADA COMPLETA

Direção: Irving Allen (produtor) e outros

Estados Unidos, 1965, 1470 minutos, R$ 217,00

GALACTICA – ASTRONAVE DE COMBATE

Direção: Richard A. Colla

Estados Unidos, 1979, 124 minutos, R$ 39,90