GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Guinness 2009

O mundo bizarro do livro dos bêbados

Texto Victor Bianchin

Servir de combustível para conversas de bar. Foi para isso que um diretor da cervejaria irlandesa Guinness criou o livro dos recordes em 1954. E agora o livro chega à 55ª edição como o título mais vendido depois da Bíblia e do Alcorão. Para continuar relevante depois de tanto tempo, ele está cheio de pirotecnias. Algumas bacanas, como a página quádrupla com o menor homem do mundo em tamanho natural. Outras discutíveis, como 20 imagens 3D toscas. Mas ele continua sendo o melhor livro para alimentar conversas de bar.

Guiness World Records 2009

Ediouro, 288 páginas, R$ 69,90

Os mais mais

Alguns recordes do novo Guinness

Castelo de cartas mais alto

Foi um de 7,06 m, feito em 2007 no Texas.

Altos e baixos

O adulto mais baixo do mundo tem 74,6 cm – menos que as pernas da mulher mais pernuda: 1,32 m para um corpo de 1,96 m.

Hambúrguer mais caro

Com costelas desossadas, trufas, foie gras e tudo o mais, custa US$ 120. No Bistro Moderne, em Nova York.

Maior tartaruga

É um espécime da tartaruga-de-couro, européia, com 2,91 m de comprimento e 961 kg.

Maior anãozão de jardim

Tem 4,11 m e mora numa fazenda no estado de Nova York.

Cintura mais fina

É a da inglesa Ethel Granger, hoje com 60 anos. São 33 cm de circunferência, para 101 cm de quadril.