GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Há mensagens secretas em “A Última Ceia”, de Da Vinci?

O famoso mural, pintado na parede de um convento no final do século 15 sob encomenda do duque de Milão ainda intriga: será que há recados cifrados nele?

PRESENÇA FEMININA

 (Wikimidia Commons/Mundo Estranho)

Para começar, uma das teorias mais famosas: Ao lado de Jesus, estaria não João, mas sim Maria Madalena, que seria sua esposa e mãe de seu filho (cuja linhagem existiria até hoje). Os traços femininos da figura denunciariam isso. Essa teoria foi apresentada inicialmente nos anos 1960 pelo francês Pierre Plantard e expandida no livro O Santo Graal e a Linhagem Sagrada, de 1982. Recentemente, ganhou fama ao ser utilizada na obra de ficção O Código Da Vinci, de Dan Brown

CADÊ O CÁLICE

 (Wikimidia Commons/Mundo Estranho)

Outro ponto que chama a atenção é a ausência de cálice na mesa. Apenas copos são representados. Na teoria de Dan Brown, o cálice estaria representado no vão entre Jesus e Maria Madalena. Esse vão traria a forma de um cálice ou um útero, o ventre sagrado que carregaria a descendência de Cristo na Terra

OS PROTETORES

Ainda segundo Plantard e O Santo Graal…, existiria uma organização secreta desde a Idade Média conhecida como Priorado de Sião, cuja principal função seria a de proteger a linhagem de Cristo, iniciada a partir de sua união com Maria Madalena. A organização contaria com algumas das mentes mais brilhantes da história em suas linhas. Entre elas estariam Isaac Newton e o próprio Leonardo da Vinci

OBJETO SUSPEITO

 (Wikimidia Commons/Mundo Estranho)

A faca na mão de Pedro é um dos pontos mais controversos: afinal, ela parece totalmente fora de quadro quando se olha a composição da obra. Javier Sierra, autor do livro A Ceia Secreta, afirma que essa seria uma crítica direta ao papa Alexandre 6o, inimigo político do duque de Milão. Nessa visão, Pedro, que foi o primeiro papa, seguraria a faca, representando a traição do papa Alexandre 6o contra os valores católicos

O ACUSADOR

A postura de Pedro ainda tem outro ponto polêmico. Sua mão aparece apontando para Jesus com o dedo em riste de maneira ameaçadora, o que indicaria a vontade de cortar o pescoço do apóstolo João ou o de Maria Madalena. A presença da mulher no grupo incomodaria os outros seguidores do Mestre, por isso a ameaça. Essa mão ainda poderia ser um ataque a João, que era um apóstolo bem próximo a Jesus

Veja também
  • query_builder
  • query_builder

AUTO-HOMENAGEM?

 (Wikimidia Commons/Mundo Estranho)

O rosto do apóstolo Judas Tadeu se parece muito com esboços que Da Vinci fez de seu próprio rosto em sua vida. Assim, o pintor poderia estar se autorrepresentando na obra. Essa teoria ainda pode se ligar com a da astrologia, uma vez que Leonardo era do signo de Touro. Tadeu representaria justamente esse signo, vindo logo após Áries

DOZE CASAS

 (Wikimidia Commons/Mundo Estranho)

Uma teoria diz que Da Vinci teria representado os 12 signos nos apóstolos. Na ponta esquerda estaria Bartolomeu representando Peixes, o último signo, enquanto na ponta direita estaria Simão, representando Áries, o primeiro. Vale lembrar que era tradição do pintor escrever de maneira invertida, da direita para a esquerda, assim como os signos foram representados na obra

Por outro lado…

Não há evidências que comprovem mensagens

A Última Ceia é uma das obras mais mal conservadas de Da Vinci. Construída no refeitório de um convento, ela sofreu infiltrações e seu prédio foi bombardeado na 2ª Guerra Mundial. Uma alteração de autoria anônima foi feita sobre a pintura – uma porta que esconde os pés de Cristo. Com tantas restaurações, algumas malsucedidas, fica difícil saber exatamente o que foi criado por Da Vinci

– Não há nenhum embasamento histórico para as teorias incitadas por Plantard e continuadas no livro O Santo Graal e a Linhagem Sagrada. A obra é considerada pseudohistórica e sem nenhuma grande prova que a suporte. Além disso, não há qualquer indício na biografia de Da Vinci de que ele teria participado desse movimento

– Não existe nenhuma prova concreta de que Jesus teve filhos ou de que haveria uma sociedade secreta para proteger essa linhagem, grande teoria proposta por Dan Brown. O Código Da Vinci é, aliás, um livro de ficção

– Até onde se sabe, o Priorado de Sião foi fundado apenas na década de 1950 e contava com um objetivo muito diferente, de restituir os valores católicos na sociedade francesa

– Era comum no Renascimento que homens fossem pintados com traços delicados

– Da Vinci estudou astronomia. Mas nada indica que conhecesse os 12 signos

CONSULTORIA Jorge Paulino, professor de história da arte da Faculdade Cásper Líbero / FONTES Livros Leonardo Astrólogo, de Pedro Tornaghi, e A Ceia Secreta, de Javier Sierra; sites Associates for Biblical Research, Catholic Education Resource Center e O Globo

Newsletter Conteúdo exclusivo para você