GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Índice de livros

Veja quando os livrosforam escritos ao longo da linha do tempo (*)

Séc. 50 a.C. – 5000 a.C.

I Ching – O Livro das Mutações, Fu Hsi e outros autores, pág. 12

 

Séc. 15 a.C – 1500 a.C.

Bíblia – Vários autores, pág. 14

 

Séc. 8 a.C

Ilíada e Odisséia – Homero, pág. 16

753 a.C. – Fundação de Roma – Diz a lenda que a cidade italiana foi fundada por Rômulo e Remo, os gêmeos amamentados por uma loba.

721 a.C. – Diáspora judaica – As expulsões assírias marcam o início do processo da Diáspora judaica, que se espalharam pelo mundo.

Upanishads – Autor anônimo, pág. 16

 

Séc. 6 a.C

Analectos – Confúcio, pág. 17

 

Séc. 5 a.C.

História da Guerra do Peloponeso – Tucídides, pág. 17

Édipo Rei – Sófocles, pág. 18

Tratados Hipocráticos – Hipócrates de Cós, pág. 18

História – Heródoto, pág. 19

Tao Te King – Laozi (ou Lao Tsé), pág. 19

 

Séc. 4 a.C.

A República – Platão, pág. 20

399 a.C. – Condenação de Sócrates – Acusado de renegar os deuses e corromper a juventude, morre ao ser obrigado a beber cicuta.

Metafísica – Aristóteles, pág. 21

Carta sobre a Felicidade – (A Meneceu) – Epicuro, pág. 21

Mahabharata – Vyasa, pág. 22

Elementos – Euclides, pág. 23

Dhammapada – Siddharta Gautama, o Buda, pág. 23

 

Séc. 1 a.C.

Eneida – Virgílio, pág. 24

Ano 0 – Era Cristã Nasce Jesus Cristo – Jesus nasce em Belém (na Cisjordânia), iniciando o calendário que passou a ser praticamente universal.

 

Séc. 4

397 – Confissões – Santo Agostinho, pág. 25

 

Séc. 6

529 – Corpus Juris Civilis – Justiniano, pág. 25

 

Séc. 7

610 – Corão – Maomé, pág. 26

800 – Leão 3º coroa Carlos Magno – É o início do novo Império do Ocidente que, mais tarde, se tornaria o Santo Império Romano.

 

Séc. 13

1266 – Suma Teológica – São Tomás de Aquino, pág. 28

Cabala – Rabi Shimon bar Yohai, pág. 28

1298 – As Viagens ou O Livro das Maravilhas – Marco Polo, pág. 29

Livro das Mil e uma Noites – Autor Anônimo, pág. 29

 

Séc. 14

1308 – Divina Comédia – Dante Alighieri, pág. 30

1332 – O Cancioneiro – Francesco Petrarca, pág. 32

1337 – Início da Guerra dos Cem Anos – França e Inglaterra disputam, em guerra que dura até 1453, a rica região de Flandres.

1350 – Decameron – Giovanni Boccaccio, pág. 32

1375 – Prolegômenos – Ibn Khaldun, pág. 33

 

Séc. 15

1410 – Ymago Mundi – Pierri D·Ailly, pág. 33

1453 – A conquista de Constantinopla – A tomada da capital do Império Bizantino pelos turcos otomanos marca o fim da Idade Média.

1492 – A chegada de Colombo à América – Em 12 de outubro, ele descobre a América, ao chegar às ilhas Lucaias, Cuba e Haiti.

 

Séc. 16

Diários da Descoberta da América – Cristóvão Colombo, pág. 34

1509 – Elogio da Loucura – Desidério Erasmo, pág. 35

1520 – Do Cativeiro Babilônico da Igreja – Martinho Lutero, pág. 35

1532 – O Príncipe – Nicolau Maquiavel, pág. 36

1532 – Gargântua e Pantagruel – François Rabelais, pág. 37

1536 – Institutos da Religião Cristã – João Calvino, pág. 37

1538 – Os primeiros escravos no Brasil – Os primeiros africanos chegam ao Brasil. Na década de 70 desse século, o tráfico se intensifica.

1543 – Da Revolução das Órbitas Celestes – Nicolau Copérnico, pág. 38

1580 – Ensaios – Michel Eyquem de Montaigne, pág. 39

1580 – União das coroas ibéricas – A Península Ibérica é unida quando o rei espanhol Felipe 2º assume o trono de Portugal.

1584 – Acerca do Infinito, do Universo e dos Mundos – Giordano Bruno, pág. 39

1600 – Hamlet – William Shakespeare, pág. 40

 

Séc. 17

1605 – Dom Quixote – Miguel de Cervantes de Saavedra, pág. 42

1619 – A Harmonia do Mundo – Johannes Kepler, pág. 44

1620 – Novum Organum – Francis Bacon, pág. 44

1632 – Diálogo sobre os Grandes Sistemas do Universo – Galileu Galilei, pág. 45

1637 – Discurso sobre o Método – René Descartes, pág. 45

1651 – Leviatã – Thomas Hobbes, pág. 46

1670 – Tartufo – Molière, pág. 46

1687 – Princípios Matemáticos da Filosofia Natural – Issac Newton, pág. 47

1689 – Revolução Gloriosa na Inglaterra – Primeira das revoluções liberais, consolidou a supremacia do Parlamento.

 

Séc. 18

1702 – Livro do Conselho – Rec. por frei Ximénez, pág. 48

1714 – A Monadologia – Gottfried Wilheim Leibniz, pág. 48

1719 – Robinson Crusoé – Daniel Defoe, pág. 49

1739 – Tratado da Natureza Humana – David Hume, pág. 49

1751 – Enciclopédia – Org. por Denis Diderot e Jean D·Alembert, pág. 50

1774 – Os Sofrimentos do Jovem Werther – Johann Wolfgang Goethe, pág. 52

1776 – Senso Comum – Thomas Paine, pág. 53

1776 – Independência dos EUA – Baseadas nos ideais do liberalismo, as 13 colônias americanas se libertam do poder da Grã-Bretanha.

1776 – A Riqueza das Nações – Adam Smith, pág. 54

1781 – Confissões – Jean-Jacques Rousseau, pág. 55

1781 – Crítica da Razão Pura – Immanuel Kant, pág. 55

1789 – Revolução Francesa – Liderado pela burguesia, esse levante marca o fim da Idade Moderna e o início da Contemporânea.

1798 – Ensaio sobre o Princípio da População – Thomas Robert Malthus, pág. 56

 

Séc. 19

1807 – Fenomenologia do Espírito – Georg Wilhelm, Friedrich Hegel, pág. 56

1812 – A Peregrinação de Childe Harold – George Gordon Byron, pág. 57

1815 – Derrota de Napoleão – O exército do imperador, em guerra contra a Inglaterra, sofre derrota na famosa batalha de Waterloo, na Bélgica.

1816 – Frankenstein – Mary W. Shelley, pág. 58

1830 – Revolução Liberal na França – A burguesia se revolta contra Carlos 10º, inspirando toda a Europa para defender suas causas.

1831 – O Vermelho e o Negro -Stendhal, pág. 60

1832 – Da Guerra – Carl von Clausewitz, pág. 60

1835 – As Ilusões Perdidas – Honoré de Balzac, pág. 61

1838 – Oliver Twist – Charles Dickens, pág. 61

1839 – Guerra do Ópio na China – O conflito com a Grã-Bretanha foi causado pela exportação de ópio à China pela Inglaterra.

1848 – Manifesto Comunista – Karl Marx e Friedrich Engels, pág. 62

1849 – A Desobediência Civil – Henri David Thoreau, pág. 64

1855 – Folhas da Relva – Walt Whitman, pág. 65

1857 – Madame Bovary – Gustave Flaubert, pág. 66

1857 – O Livro dos Espíritos – Allan Kardec, pág. 66

1857 – As Flores do Mal – Charles Baudelaire, pág. 67

1859 – A Origem das Espécies – Charles Darwin, pág. 68

1862 – Escravos livres – O presidente norte-americano Abraham Lincoln apresenta liminar que liberta todos os escravos negros dos EUA.

1866 – Crime e Castigo – Fiodor Dostoievski, pág. 70

1866 – Experiências sobre Híbridos das Plantas – Gregor Johann Mendel, pág. 70

1870 – Vinte Mil Léguas Submarinas – Júlio Verne, pág. 71

1885 – Assim Falou Zaratustra – Friedrich Nietzsche, pág. 71

1889 – Proclamação da República brasileira – Marechal Deodoro assume a Presidência, pondo fim à monarquia de D. Pedro 2º.

1899 – Dom Casmurro – Machado de Assis, pág. 72

1900 – A Interpretação dos Sonhos – Sigmund Freud, pág. 74

 

Séc. 20

1910 – Tratado da Radioatividade – Marie Curie, pág. 76

1913 – Em Busca do Tempo Perdido – Marcel Proust, pág. 76

1914 – O Processo – Franz Kafka, pág. 77

1914 – Primeira Guerra Mundial – A resistência da França, Inglaterra e Rússia contra a expansão germânica eclode no conflito.

1916 – Fundamentos da Teoria da Relatividade Geral – Albert Einstein, pág. 78

1917 – Revolução Socialista – Baseados nas teorias de Marx e Engels, Lenin e os bolcheviques implantam o socialismo na Rússia.

1921 – Tipos Psicológicos – Carl Gustav Jung, pág. 80

1922 – Ulisses – James Joyce, pág. 80

1927 – Ser e Tempo – Martin Heidegger, pág. 81

1928 – Nadja – André Breton, pág. 81

1928 – Orlando – Virginia Woolf, pág. 82

1929 – Quebra da Bolsa de Nova York – Baixo consumo e deflação levam à grande crise econômica do Ocidente.

1936 – A Obra de Arte na Era de sua Reprodutibilidade Técnica – Walter Benjamim, pág. 84

1936 – Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda – John Maynard Keynes, pág. 84

1939 – Segunda Guerra – A invasão do exército alemão, liderado por Hitler, à Polônia, dá início à batalha mundial, que dura até 1945.

1943 – O Ser e o Nada – Jean-Paul Sartre, pág. 85

1949 – O Segundo Sexo – Simone de Beauvoir, pág. 85

1949 – O Aleph – Jorge Luis Borges, pág. 86

1949 – 1984 – George Orwell, pág. 88

1951 – O Apanhador no Campo de Centeio – J. D. Salinger, pág. 88

1953 – Investigações Filosóficas – Ludwig Wittgenstein, pág. 89

1954 – As Portas da Percepção – Aldous Leonard Huxley, pág. 89

1955 – Tristes Trópicos – Claude Lévi-Strauss, pág. 90

1957 – Pé na Estrada – Jack Kerouac, pág. 92

1966 – Livro Vermelho – Mao Tsé-tung, pág. 94

1981 – Simulacros e Simulação – Jean Baudrillard, pág. 96

1988 – Uma Breve História do Tempo – Stephen Hawking, pág. 97

1991 – Fim da URSS – No poder, Boris Yeltsin promove a abertura econômica. É o fim da chamada União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

 

* Em alguns casos só se conhece o século em que o livro começou a ser escrito. Veja maiores detalhes nas páginas respectivas.