GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Inimigo número 1 das formigas

Ator Corey Stoll fala sobre seu papel em "Homem-Formiga", próximo filme da Marvel

Quando Guardiões da Galáxia saiu, quem não manja de quadrinhos ficou se perguntando como é que um grupo de super-heróis mais obscuro – se comparado aos Vingadores, por exemplo – poderia dar certo nos cinemas. O resultado foi que a Marvel arrecadou mais de 700 milhões de dólares no mundo inteiro. Aí, quando Homem-Formiga foi anunciado, mesmo quem não conhecia muito bem a história do herói se empolgou. Ainda mais com um elenco que conta com Paul Rudd, Michael Douglas, Evangeline Lilly, e Corey Stoll. Esse último, que ficou famoso ao viver Peter Russo, em House of Cards, vai dar vida a Darren Cross, identidade secreta do vilão Jaqueta Amarela. Poucas semanas antes da estreia de Homem-Formiga no cinema, Stoll conversou com a SUPER sobre o papel.

Assumir o papel do Jaqueta Amarela é carma 

“Assumir o papel do Jaqueta Amarela é carma. Eu matei tantas formigas queimadas usando uma lupa e a luz do sol”, brinca Corey. “Agora é hora de enfrentar uma delas”.

Nos quadrinhos, Darren Cross é chefe da Cross Technological Enterprises, uma companhia de tecnologia como a de Tony Stark (Homem de Ferro), e tem um problema no coração, que rende várias tramas. No filme, Darren Cross será um ex-pupilo de Hank Pym (Michael Douglas), um homem brilhante que desenvolve sua própria versão da roupa do Homem-Formiga e a batiza de Jaqueta Amarela. A origem do personagem não tem muito a ver com os quadrinhos – o que é ótimo, já que o Homem-Formiga não está entre os personagens mais famosos da Marvel. Sem a pressão dos fãs para se manter fiel às HQs, a Marvel pode tomar a liberdade que quiser na adaptação.

“Ele é um vilão bem diferente dos outros, e é bem talentoso nas suas trapaças”, explica Stoll. Ou seja: está na hora de desapegar. E esperar mais uma surpresa potencialmente boa do estúdio mais nerd de Hollywood.