GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Música para surdos

Barbara Axt

A última novidade eletrônica de Londres é a rave para surdos. É simples: surdos, assim como todo mundo, sentem a música através da vibração. Ou você nunca ouviu uma pessoa dizendo “Sinta a música”? Ondas sonoras são vibrações que, ao atingirem os tímpanos, se transformam em impulsos elétricos graças aos nervos auditivos. Esses impulsos são interpretados pelo cérebro como vozes, notas, o que for. Uma pessoa surda não interpreta as ondas sonoras, muitas vezes por problemas nesse nervo. Mas ela sente a vibração da mesma forma que qualquer um, por meio dos graves que sacodem o chão ou batem no peito. Nada disso passou pela cabeça de Troi Lee quando ele decidiu organizar a primeira rave especialmente para a galera que não escuta. O que ele queria era se divertir: Lee é surdo de nascença e sempre gostou de sair para dançar, seguindo as vibrações da música. “Tocamos vários estilos, como drum’n’bass e hip hop. O importante é uma boa linha de baixo”, diz Lee. A Deaf Rave já se provou um sucesso, reunindo mil pessoas em sua última edição, em 10 de abril. Lee tem planos de organizar festas por todo o mundo, inclusive no Brasil. Mas, por enquanto, a próxima edição acontece em Londres, no dia 27 de agosto.