GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Música: Úteis e fúteis

Um guia dos produtos básicos para quem quer produzir música eletrônica em casa

O produtor gaúcho Philip Braunstein, de apenas 18 anos, deixou a casa dos pais em Porto Alegre. “Minha mãe vivia pedindo para eu abaixar o volume”, diz Philip. Aí não dá mesmo. Ainda mais se você passar o dia produzindo tecno – como Philip. Considerado uma grande promessa das pistas nacionais, Philip tem um live PA que já bombou festas de respeito. Convidamos o prodígio dos pampas para apresentar alguns itens básicos para produzir. Mas ele avisa: para fazer música, o importante não é o que você tem nas mãos, e sim o que tem na cabeça.

01. Fone AKG 240

Fabricante: AKG

Preço: 600 reais

“Fones são uma boa opção para quem não pode investir em monitores – ou não pode fazer barulho. Você toma decisões importantes com base no som que sai do fone.”

02. Teclado controlador Ozone

Fabricante: M-Audio

Preço: 1 600 reais

“Um teclado controlador MIDI facilita muito a produção de músicas apenas com software. Os botões giratórios facilitam o controle dos instrumentos virtuais (muito melhor que usar o mouse). Além disso, o Ozone já tem uma placa de som com pré-amplificadores embutidos e se conecta ao computador por um único cabo USB.”

03. Ibook 900

Fabricante: Apple

Preço: 7 500 reais

“Laptops Apple ainda são os preferidos pelos produtores de música. São estáveis, o que é fundamental para se apresentar ao vivo. E têm um lindo design. Este modelo tem 40 Gb de disco rígido e gravador de CD. Sonho de consumo.”

04. Daware Fire

Fabricante: Quanta Music

Preço: 3 030 reais*

“Na verdade, qualquer computador pode ser usado para produzir música. Com este modelo, dá para trabalhar com folga. Tem um processsador de 1,7 GHz e um disco rígido de 40 Gb.”

05. Studiophile BX5

Fabricante: M-Audio

Preço: 2 800 reais

“Monitores de referência serão meu próximo investimento. Ouvir as produções em caixas de som ·imparciais· é muito importante. Se o som estiver bom num monitor de referência, vai soar bem nos fones de walkman, num aparelho de som doméstico e nas caixas potentes de um grande clube. Isso é fundamental.”

06. Reason 2.5

Fabricante: Propellerhead

Preço: 1 200 reais

“Esta é a mais recente versão do faz-tudo dos softwares de produção de música. Está tudo aqui: seqüenciador, sintetizadores, samplers virtuais e efeitos. É relativamente fácil de usar, e a interface é muito intuitiva. Os módulos têm a cara dos equipamentos em hardware. A idéia é muito boa.”

07. Reaktor

Fabricante: Native Instruments

Preço: 900 reais

“O Reaktor é o campeão dos sintetizadores virtuais. É modular, ou seja, você tem vários blocos e pode combiná-los à vontade. É usado pela maioria dos produtores.”

08. Kontakt

Fabricante: Native Instruments

Preço: 800 reais

“O Kontakt é um dos programas que estão ajudando a matar de vez os samplers de hardware. Ele faz o mesmo que um equipamento ·de verdade·, mas muito mais rápido e com muito mais recursos.”

09. Cubase SX

Fabricante: Steinberg

Preço: 2 800 reais

“O Cubase SX é um dos softwares mais usados para criar e gravar produções domésticas. Além do seqüenciador, ele aceita programas auxiliares (plug-ins). Isso faz do Cubase um programa muito versátil.”

* Inclui o sistema operacional Windows XP. Não estão incluídos no preço o monitor nem os programas de produção