GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Os 11 comerciais mais legais do Super Bowl 2019

De Vingadores a Doritos, reunimos os vídeos mais bacanas da final do campeonato de futebol americano, que cobra US$ 5 milhões por 30 segundos de anúncio

A final do campeonato de futebol americano, vista por mais de 100 milhões de pessoas, é tão impactante que consegue fazer estragos no mercado de entretenimento dos EUA, como diminuir a audiência da Netflix em 32%, ou fazer com que nenhum filme fizesse mais de US$ 10 milhões de bilheteria no fim de semana da partida.

No último domingo (3), a 53a edição do Super Bowl terminou com a vitória do New England Patriots (13 a 3 em cima do Los Angeles Rams) e um show do intervalo estrelado pela banda Maroon 5. Mas se nem o jogo, nem a apresentação empolgaram, sobrou para os comercias exibidos durante a partida.

Dona de um dos horários mais caros da televisão (US$5,25 milhões para 30 segundos de transmissão em 2019), a final do futebol americano sempre foi palco de criativas produções publicitárias. Foi no Super Bowl de 1984, por exemplo, que a Apple apresentou a primeira campanha do Macintosh, em um vídeo dirigido por Ridley Scott (Alien, Blade Runner).

Veja uma lista dos comerciais mais legais da edição deste ano:

Vingadores: Ultimato

Não é a primeira vez que a Marvel aproveita o Super Bowl para promover seus próximos lançamentos. Neste ano, o estúdio trouxe cenas inéditas de Vingadores: Ultimato (estreia em 26 de abril), que mostrará os desdobramentos do massacre de Thanos no final de Guerra Infinita. Além disso, Capitã Marvel, que estreia no dia 6 de março, também ganhou um novo teaser.

Toy Story 4

A nova aventura dos brinquedos da Pixar estreia em 20 de junho. O teaser mostra a dupla Woody e Buzz, o retorno da personagem Betty e dois novos brinquedos. A versão dublada é ainda melhor: achou que não ia ter referência a Choque de Cultura? Achou errado!

Game of Thrones

Parecia ser só mais um comercial de cerveja da marca Bud Light. No entanto, o cenário medieval da produção logo é tomado por um dragão, com a icônica música de abertura da série tocando ao fundo. A HBO aproveitou a deixa para anunciar a estreia da temporada final de Game of Thrones: 14 de abril.

Doritos

A Doritos reuniu os Backstreet Boys e o músico Chance the Rapper em um mashup digno de ser lançado nas rádios.

Deu certo. Depois de 19 anos, a boy band voltou ao topo das paradas da Billboard. Na verdade, eles estão lá por conta do novo disco do grupo, DNA. Mas é bem provável que o comercial tenha dado uma ajudinha.

Twilight Zone

E por falar em retorno, o Super Bowl 2019 trouxe o primeiro teaser de The Twilight Zone, uma nova versão de Além da Imaginação, a clássica série de suspense dos anos 60. Ela será produzida e apresentada pelo cineasta Jordan Peele, indicado ao Oscar do ano passado pelo filme Corra!, e deve abordar os mesmos temas que a original, como histórias sobrenaturais, de terror e viagens no tempo.

Pringles

A marca de salgadinhos prestou atenção a um problema que mais ninguém enxergou: o sentimento dos novos assistentes pessoais. Pena que não deram muita atenção para isso – mas o resultado é hilário.

Washington Post

Narrado pelo ator Tom Hanks, este vídeo do The Washington Post é a primeira aparição do jornal durante a exibição do Super Bowl. A campanha, intitulada “Democracy Dies in Darkness (“a democracia morre no escuro”, em português), busca homenagear o jornalismo e ressaltar a sua importância ao longo da história.

O vídeo também relembra casos como o de Jamal Khashoggi, jornalista da Arábia Saudita que foi morto pelo governo do seu país, em outubro. A campanha não foi feita à toa: 90 jornalistas morreram em 2018 enquanto trabalhavam, de acordo com a Federação Internacional de Jornalistas.

Curiosidade: em 2017, Tom Hanks interpretou Ben Bradlee, antigo editor-chefe do Washington Post no filme The Post: A Guerra Secreta, dirigido por Steven Spielberg.

Bumble

A palavra da vez é empoderamento. O aplicativo de relacionamentos Bumble marcou a sua estreia no Super Bowl em um comercial estrelado pela tenista Serena Williams. A diferença dele para outros apps do tipo, como o Tinder, é que ele dá mais poder às mulheres: depois de um match, apenas elas podem iniciar a conversa. No Brasil, o Bumble já conta com mais de 21 milhões de downloads no Google Play.

NFL

Um dos comerciais mais legais é sobre o próprio campeonato de futebol americano, a NFL. Além das diversas participações especiais de jogadores ilustres do esporte, vale a pena ver um montão de gente destruindo o cenário atrás da bola.

World Record Egg

Lembra do “ovo do Instagram”? Em janeiro deste ano, a foto de um ovo se tornou a mais curtida da história no Instagram, com 52 milhões de likes. Mas até então, ninguém sabia direito a origem e o motivo da campanha em torno disso.

Nas semanas seguintes ao recorde, o usuário World Record Egg postou outras fotos, desta vez com a casca do ovo gradativamente rachada. Tudo veio à tona no último domingo: em parceria com a plataforma de streaming Hulu, o vídeo mostra uma campanha para incentivar os cuidados com a saúde mental. O ovo, batizado de Eugene, aparece falando sobre como o uso excessivo das redes sociais o deixaram “quebrado” – e mostra a melhor forma de procurar ajuda.

Microsoft

A Microsoft aproveitou o espaço do Super Bowl para falar sobre inclusão. O vídeo traz o depoimento de diversas crianças e a sua experiência com o Xbox Adaptive Controller, um controle desenvolvido para que pessoas com algum tipo de dificuldade possam jogar sem nenhum problema.

O Adaptive Controller foi lançado em setembro de 2018 e foi escolhido pela revista Time como uma das melhores invenções do ano. A empresa tem planos para expandir o mercado do joystick que, por enquanto, é vendido apenas nos EUA.