Clique e assine a partir de 8,90/mês

Os livros da SUPER

Por Denis Russo Burgierman - Atualizado em 31 out 2016, 19h02 - Publicado em 26 nov 2015, 21h45

No final de novembro, quem entrou na Amazon brasileira e checou a lista de livros eletrônicos mais vendidos notou algo curioso. No topo, em primeiro lugar, estava o livro O Melhor da SUPER. Logo abaixo, vinham Extraterrestres (da SUPER) em segundo, Prato Sujo (da SUPER) em terceiro, O Lado Bom dos Seus Problemas (da SUPER) em quinto e Mitologia (da SUPER) em sexto. Não fosse pelo açucarado folhetim Novamente Você, quarto colocado, nossos livros teriam monopolizado completamente todo o alto da lista. Claro que nosso domínio não é sempre tão grande – em novembro fomos ajudados por uma promoção. Mas tudo o que lançamos frequenta as listas de best-sellers. 

Fazer livros não é novidade aqui. Ao longo da última década e meia, publicamos dezenas deles. É que as reportagens da revista já são minilivros – textos não-perecíveis, bem escritos e profundos, embora curtos. Sempre nos pareceu natural ampliar as melhores delas em publicações mais ambiciosas. E os leitores sempre gostaram. Mas, nos últimos anos, essa operação ganhou solidez e profissionalismo. Hoje tenho orgulho de dizer que SUPER tornou- -se um selo relevante de literatura de não-ficção no Brasil. E, com tantos sucessos de público e de crítica, nos permitimos sonhar grande. 

Por muito tempo nossos livros foram vendidos quase exclusivamente em bancas de revistas, que é o hábitat natural da SUPER. Mas, com a boa aceitação, fomos expandindo. Agora, os livros, físicos e eletrônicos, são encontrados nas principais livrarias virtuais do País – Amazon, Saraiva, Cultura. 

Este mês celebramos as boas notícias lançando o livro do Oráculo, que, com 450 páginas, é o catatau mais grosso que já ostentou nosso logotipo vermelho. Trata-se de um apanhado das melhores perguntas de leitores já respondidas na tradicional seção Oráculo. Um livraço, útil e divertido.

No lançamento de mais um título, aproveito para brindar, com uma daquelas taças de vinho branco que servem nas noites de autógrafos. Saúde aos livros da SUPER! Obrigado a todos os envolvidos – do Alexandre Versignassi, responsável pela operação, aos autores que colocaram seus nomes nas capas, aos nossos designers e editores, que garantem que as nossas estejam entre as obras mais bem escritas e bonitas do Brasil. E, claro, obrigado a você, que tem prestigiado nossos livros e garantido o sucesso de cada um deles. Saúde!
 

Publicidade