GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Playlist: 4 coisas legais para ver e ler no mês de fevereiro

A mente de Vincent van Gogh, a história do megatraficante de 87 anos, a ciência das diferenças entre homens e mulheres - e os bastidores das medidas econômicas que selaram o destino do Brasil

E se ninguém entendesse você?

Com Vincent van Gogh, foi assim. Ele não obteve reconhecimento em vida – e se atormentou por nunca conseguir, por mais que pintasse, transmitir o que estava vendo. Tornou-se um gênio póstumo, mas com a pecha de louco. Neste filme, um possuído Willem Dafoe mostra que Van Gogh não era só isso. Era muito mais.

No Portal da Eternidade. Estreia nos cinemas dia 7/2.

***

 (Warner/Divulgação)

O traficante de 87 anos

Clint Eastwood conta a história real de Leo Sharp, o militar que lutou na 2a Guerra e ao voltar decidiu cultivar flores. Ele se tornou um dos maiores produtores de Indiana, seu Estado. O que ninguém sabia é que ele também era “O Vovô”– um megatraficante de cocaína.

A Mula. Estreia nos cinemas dia 14/2.

***

 (Reprodução/Divulgação)

A ciência não veste azul. Nem rosa

Machos e fêmeas são diferentes. Mas grande parte das distinções sociais entre homens e mulheres tem mais a ver com questões culturais do que hormonais. Nesta obra, eleita melhor livro de ciência do ano pela Royal Society inglesa, a australiana Cordelia Fine prova isso – com dezenas de estudos.

Testosterona Rex. R$ 48.

***

 (Divulgação/Reprodução)

Uma bucha atrás da outra

Crise do petróleo. Crise da dívida externa. Hiperinflação. Confisco da poupança. Desvalorização do real. Explosão do déficit público. O Brasil é o país das crises econômicas, e elas estouram sempre nas mãos da mesma pessoa: o ministro da Fazenda. Neste livro, o jornalista Thomas Traumann entrevista 14 deles (Delfim Netto, Zélia Cardoso de Mello, FHC, Antonio Palocci, Guido Mantega, Henrique Meirelles e outros) e faz revelações inéditas sobre as medidas econômicas que selaram nosso destino: as reuniões em que Collor resolveu confiscar a poupança dos brasileiros, as puxadas de tapete que afastaram os pais do Plano Real, o dia em que José Sarney quase renunciou, como as manifestações de 2013 detonaram as contas do governo – e por que elas continuam piorando.

O Pior Emprego do Mundo. R$ 41,90.