GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Qual o tempo mais longo que uma carta já demorou para chegar?

Conheça os envelopes que levaram dezenas e até centenas de anos para ser entregues

harry-potter-carta-hogwarts-gif harry-potter-carta-hogwarts-gif

Calma, ainda há uma esperança para a sua carta de Hogwarts / Warner Bros. Pictures

Você com certeza não existia e talvez nem mesmo o seu trisavô quando uma carta oficial foi enviada para o vilarejo de Seix, na França. Mas ela só foi entregue 220 anos depois. No meio do caminho, a correspondência foi parar em Saïx devido a um erro de leitura. O documento foi redescoberto e deixado de lado por mais dez anos até que, em 2010, as autoridades de Saïx a entregaram em uma cerimônia com clima de festa. Nesse caso, a má notícia não correu rápido: a carta negava o pedido de Seix de se formalizar como a principal cidade da região.

Menos interferência houve no caso da carta que demorou 89 anos para chegar e é a registrada no Guinness World Records como a recordista de atraso de todos os tempos. Em 2008, Janet Barrett, dona de uma pousada em Weymouth, Inglaterra, foi surpreendida por um envelope enviado em 29 de novembro de 1919. Ele chegou envolto em plástico e com um recadinho pedindo desculpas por qualquer atraso e dano, sem nenhuma outra explicação! Dentro, Janet encontrou a confirmação de presença para uma festa natalina que rolou há quase um século: “Querido Percy, muito obrigada pelo convite, estou lisonjeada. Vejo você no dia 26 de Dezembro. Saudações, Buffy.” Será que Buffy foi bem recebida mesmo assim?

Outros atrasos curiosos

A carta de Lennon
Atraso total: 34 anos
John Lennon escreveu para o cantor inglês Steve Tilston meses após a separação dos Beatles. Assinando por ele e Yoko Ono, afirmava que o dinheiro e o sucesso não mudam o que realmente importa na vida. A carta foi parar nas mãos de um colecionador, e Tilston só ficou sabendo dela três décadas depois. A história inspirou o filme Não Olhe para Trás (2015).

Uma história de amor eterno
Atraso total: 46 anos
James Bracy servia o exército dos Estados Unidos em 1955 quando enviou uma carta de amor para sua esposa, Sallie. O envelope ficou preso entre duas paredes da caixa de correio e só foi encontrado durante uma reforma em 2001, quando foi, enfim, encaminhado. Comemorando 50 anos de casados, eles celebraram juntos a descoberta.

Envelope inconveniente
Atraso total: 53 anos
Muhammad Siddeeq ainda estava na universidade e se chamava Clark Moore quando sua namorada, Vonnie, lhe escreveu declarando seu amor. Quando ele finalmente recebeu a correspondência, em 2011, já tinha mudado de nome, casado com Vonnie, tido quatro filhos… E se divorciado.

Mistério resolvido
Atraso total: 66 anos
Enviada durante a Segunda Guerra Mundial, uma carta foi parar em um museu histórico da Califórnia em 2011. Endereçada a R.T. Fletcher em um hospital da Cruz Vermelha que foi fechado na década de 1970, ela virou notícia e chamou a atenção da filha da destinatária. Fletcher estava viva e com 90 anos, mas o remetente, seu irmão, havia morrido alguns anos antes.

Fontes ABC, Daily Mail, Guinness World Records, LA Times, Ladepeche, People, The Guardian, The Telegraph