GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Qual tecnologia de Black Mirror você gostaria de ter na vida real?

Uma pesquisa revelou que 29% dos britânicos gostariam de ter lentes de contato que gravam toda a vida do usuário. Ajude a SUPER a descobrir qual é o gadget distópico favorito do Brasil.

Faz quatro temporadas que Black Mirror esfrega na cara do público, sem dó, o quanto a tecnologia pode ser ruim para a sociedade.

Surpresa: uma pá de gente não está nem aí. Na última segunda (29), a YouGov, uma empresa de pesquisas de opinião pública, fez uma enquete para descobrir quais inovações de Black Mirror os telespectadores britânicos estariam mais dispostos a adotar na vida real. Era possível escolher mais de uma – ou nenhuma. Foram, ao todo, 1714 participantes.

29% disseram que comprariam de bom grado as lentes de contato de “The Entire History of You” (temporada 1, episódio 3). Para refrescar a memória: o gadget registra absolutamente tudo que seu usuário vê e ouve – e permite que ele rebobine a própria vida, para assistir aos melhores momentos na TV, a qualquer hora. Em respeito aos atrasadinhos, não vamos dar spoilers. Mas não é difícil de imaginar o que acontece com a sua privacidade quando cada passo da sua vida está salvo em um HD.

21% gostariam de fazer um upload de consciência e passar a vida após a morte em “San Junipero” (temporada 3, episódio 4). E 19% usariam de bom grado o sistema “Arkangel” (temporada 4, episódio 2), um implante que permite que mães assistam, em um tablet, a tudo que seus filhos veem na vida real – censurando experiências perigosas.

Em média, para cada entrevistado disposto a colocar Black Mirror em prática, houve dois que aprenderam a lição: 60% afirmaram que não usariam as lentes em hipótese alguma. 65% não estão dispostos a passar a eternidade numa Matrix cor de rosa. E 68% não acharam muito ética essa história de entrar na cabeça dos filhos para vigiá-los.

Outras tecnologias populares na enquete foram a recriação do corpo e da personalidade de pessoas mortas (temporada 2, episódio 1, 10%) e o uso de leitores de memória pelas autoridades (temporada 4, episódio 3, 17%).

Agora a SUPER quer saber: será que o Brasil também toparia usar alguma das criações da série? Se sim, qual? Responda a enquete abaixo.

 (Black Mirror/Netflix/Reprodução)