Clique e Assine por apenas 8,90/mês

Que língua falam os Guardiões da Galáxia?

Inglês não é o idioma oficial do Universo – os heróis usam outra estratégia para se entender

Por Jessica Soares - Atualizado em 31 out 2016, 19h00 - Publicado em 7 ago 2015, 14h15

Guaxinins especialistas em aeronaves? Sem problemas. Criaturas com aparência de árvore humanoide com vocabulário limitado? Só amor. Em um universo em que cabem tantas espécies alienígenas diferentes, o grande mistério que paira no ar desde o lançamento de “Guardiões da Galáxia” (2014) é entender como, entre planos de destruição ou contraestratégias para salvar os planetas, todos estes heróis e vilões arrumaram tempo para fazer um cursinho de inglês. A boa notícia é que eles não precisaram.

A verdade é que a resposta para o tal “mistério” já estava no filme, disponível para os olhares mais atentos. Mas, questionado por um fã mais avoado, o diretor e roteirista do longa James Gunn resolveu dar uma mão. 

“Por que todo o mundo em Guardiões da Galáxia inexplicavelmente fala inglês?”
“Eles não falam. Existe um implante tradutor na cabeça deles, como se vê em Quill na cena de identificação na prisão
.” 

A explicação, pra lá de prosaica, é que Peter Quill (a.k.a. Star Lord) consegue entender seus quatro companheiros – e todos os outros alienígenas de espécies diferentes que encontra por lá – graças a um aprimoramento: um implante tradutor no pescoço. E é através dos olhos – ou, mais especificamente, dos ouvidos – do meio-humano estadunidense (o único dos cinco heróis a ter esse aprimoramento) que acompanhamos a aventura. O que, de quebra, parece ser uma piada involuntária (segundo dados de 2012, apenas 18% dos americanos falam um idioma diferente do inglês), já que todo o resto do universo é, aparentemente, poliglota – ou tem um peixe Babel no ouvido, vai saber.

A informação pode ser vista quando os heróis são capturados e levados à prisão Klyn:

Aprimoramento: implante tradutor no pescoço.

Continua após a publicidade

 

Aprimoramentos: apêndices cibernéticos, implantes oculares e respiratórios, sistema neurológico aprimorado.

 

Aprimoramentos: musculatura reforçada, pele resistente a impactos, regeneração celular aumentada.

Continua após a publicidade

 

No caso de Rocket Raccoon, a ficha criminal do mamífero geneticamente modificado rouba o espaço da lista de aprimoramentos: são 13 acusações de roubo, 14 acusações de fuga da prisão, 7 acusações de atividade mercenária e 15 incêndios criminosos.

 

Aprimoramento: habilidades de dança aumentadas.

Publicidade