Assine SUPER por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Quem foi Murphy, da Lei de Murphy?

Se algo pode dar errado, vai dar errado.

Por Marina Motomura
Atualizado em 27 out 2020, 15h24 - Publicado em 18 abr 2011, 18h35

Há várias versões, mas a mais difundida – contada no livro Uma História da Lei de Murphy, de Nick Spark, ainda inédito no Brasil – é a de que o autor do famoso “se algo pode dar errado, vai dar errado” é Edward A. Murphy Jr., major e engenheiro da Força Aérea americana na década de 1940.

A frase foi formulada após um acontecimento exemplar: em um experimento para testar a tolerância humana à aceleração da gravidade, um técnico tinha que encaixar 16 medidores de aceleração em uma máquina, mas não acertou a posição de nenhum. Foi então que Murphy disse a tal frase (“se algo pode dar errado…”) e seu colega John Stapp, um major com visão de publicitário, decretou a criação da “Lei de Murphy”.

Hoje, a lei foi “adaptada” para diversas áreas da vida, como, por exemplo: “A probabilidade de você encontrar uma garota bonita aumenta se você está com a namorada”; “Se você joga fora alguma coisa que tem há muito tempo, você vai precisar dela logo”; “Ninguém nunca está ouvindo, até você falar uma besteira”; “Toda vez que um incompetente se demite é substituído por alguém mais incompetente ainda” etc.

Em 2003, a famosa “lei” ganhou o prêmio IgNobel, concedido a invenções consideradas inúteis. A homenagem (às avessas) póstuma foi recebida pelo filho do engenheiro.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A ciência está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por SUPER.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.