GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Quem são os eleitores do Oscar?

Além de ter recebido uma indicação ao prêmio, você precisa esperar um convite de pelo menos dois integrantes da academia.

Cíntia Cristina da Silva

São cerca de 6 mil pessoas – os sócios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Para virar membro é simples, mas complicado: você precisa ter sido indicado ao Oscar. Bom, isso vale para as categorias principais (filme, diretor, ator…). Para a parte técnica (edição, som, fotografia…), é mais difícil ainda. Além de ter recebido uma indicação ao prêmio, você precisa esperar um convite de pelo menos dois integrantes da academia.

Junto com a cédula de votação, os eleitores recebem em casa uma lista com boa parte dos filmes que passaram no ano, para refrescar a memória. Ela não é completa e vale sugestão, desde que o filme tenha sido exibido em Los Angeles entre 1º de janeiro e a meia-noite de 31 de dezembro do ano anterior à premiação. Na votação dos indicados, cada integrante vota em sua categoria (ator vota em ator, diretor em diretor…). Para o prêmio máximo, o de melhor filme, todo mundo vota. E nem todos os eleitores levam a coisa a sério. O acadêmico Samuel L. Jackson, por exemplo, disse que só vota nos amigos.

A academia nasceu em 1927 por iniciativa do produtor Louis B. Mayer – chefão do estúdio Metro-Goldwyn-Mayer. Ele reuniu 36 pessoas, entre atores e diretores, no Hotel Ambassador, em Los Angeles, para criar uma instituição que protegesse e premiasse os profissionais de cinema. Deu mais do que certo.