GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Raul Seixas

O roqueiro que emplacou hits como ¿Eu Nasci Há Dez Mil Anos Atrás¿ e ¿Eu Sou Egoísta¿.

Alexandre Petillo

1. Nascido no dia 28 de junho de 1945, Raul Seixas começou a gostar de rock ainda menino, em 1957, quando sua família foi morar ao lado do consulado americano em Salvador. Foi com o pessoal do consulado que conseguiu seus primeiros discos de Elvis Presley e aprendeu a falar inglês.

2. Elvis era o grande ídolo de Raul, que criou o primeiro fã-clube do cantor no Brasil. Chegou a ser suspenso da escola por brigar com um colega que dizia que Elvis era feio. No seu leito de morte, foi encontrada uma foto de Elvis.

3. Quem revelou Raul Seixas para o Brasil foi o cantor Jerry Adriani. Em 1969, Adriani gravou uma música de Raul, “Tudo Que é Bom Dura Pouco”.

4. Em 1973, Raul lançou seu primeiro disco solo, intitulado Krig-Há, Bandolo, com várias músicas em parceria com Paulo Coelho, que depois se tornaria um escritor de sucesso. Durante os shows de promoção do disco, distribuiu um manifesto com mensagens da Sociedade Alternativa, um lugar onde todos poderiam fazer o que quisessem. A polícia recolheu tudo e prendeu Raul, mandando-o, depois, para os Estados Unidos.

5. Durante seu exílio, Raul afirmava ter-se encontrado, em 1974, com o ex-beatle John Lennon. Eles conversaram durante algumas horas sobre grandes figuras da humanidade, como Jesus Cristo, Albert Einstein e Calígula.

6. O período nos Estados Unidos rendeu um encontro com outra lenda do rock: Jerry Lee Lewis. Raul se apresentava em Memphis. Lewis chegou, bêbado, subiu no palco e o acompanhou no piano.

7. O primeiro grande sucesso de Raul foi o disco Gita, de 1975, que vendeu mais de 500 mil cópias. O cantor conseguiu voltar ao Brasil, encerrando o exílio americano.

8. Uma das características mais marcantes das composições de Raul é a escrita em primeira pessoa. Exemplos: “Eu Nasci Há Dez Mil Anos Atrás” e “Eu Sou Egoísta”. Raul queria que seus fãs cantassem as músicas na primeira pessoa, como um mantra e como se eles tivessem composto a canção.

9. As principais influências assumidas por Raul no seu trabalho eram escritores como Nietzsche, Lao-Tzu e George Orwell, e grandes malucos como Aleister Crowley, Timothy Leary, Carlos Castañeda e Humberto Rohden.

10. No começo dos anos 1980, num show na cidade de Caieiras, em São Paulo, Raul passou por um episódio curioso. Algumas pessoas acharam que ele era um sósia dele mesmo – logo, um impostor. Como estava sem documento de identidade, foi espancado e acabou na cadeia. Depois de sua morte, o que não faltam são sósias de Raul…