Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Tratado da Natureza Humana

Por Da Redação Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 out 2016, 18h52 - Publicado em 31 jul 2005, 22h00

David Hume

NOME ORIGINAL_A Treatise of Human Nature (Escócia)
EDIÇÃO NO BRASIL_ Unesp/Imprensa Ofi cial; 2000

DO QUE TRATA

Continua após a publicidade

Dividida em partes (“Do Entendimento”, “Das Paixões” e “Da Moral”), a obra estuda a fundo a natureza humana, o único fundamento sólido para a compreensão das demais ciências, de acordo com o autor. Para ele, o principal fundamento da investigação científica está na experiência e na observação. Hume formula uma crítica à idéia de causalidade. Para ele, a idéia de causa e efeito está baseada na associação entre anterior e posterior, como, por exemplo, na afirmação “a pedra esquenta porque os raios de sol incidem sobre ela”. Só é possível comprovar o fato de a pedra esquentar e o fato de o sol incidir sobre ela, isolados. Já a causa pela qual a pedra esquentou não pode ser observada, e, segundo o autor, deriva apenas de uma “crença”.

QUEM ESCREVEU

O escocês David Hume (1711-1776) publicou seu Tratado com apenas 28 anos de idade e seu trabalho rendeu-lhe muitas criticas na época. Passou a atuar também como ensaísta e historiador.

Continua após a publicidade

POR QUE MUDOU A HUMANIDADE

A obra influenciou o positivismo de Augusto Comte, o pensamento de John Stuart Mill e Kant (pág. 55), que afi rma ter sido despertado do “sono dogmático” pelo pensamento de Hume, especialmente o da crítica da causalidade.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.