GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

A verdade nos mapas

Trocamos o nome dos lugares nos mapas para mostrar o verdadeiro tamanho da economia, da população e da violência ao redor do mundo

Texto Stefan Gan e Leandro Narloch

Os países dentro do Brasil

A economia do Brasil é a 9ª maior do mundo – tão grande que os estados brasileiros têm o mesmo PIB (a soma das riquezas geradas anualmente num país) que países inteiros. São Paulo é tão rico quanto toda a Argentina. No Nordeste, a riqueza dos estados equivale à de países da África e da América Central: Pernambuco é tão rico quanto o Camboja; Sergipe equivale à Jamaica. Dá pra fazer a mesma comparação com os estados americanos (veja a seguir).

Os países dentro de São Paulo

Este é o mapa de São Paulo, 4ª cidade mais populosa do mundo. Só a cidade, sem contar a região metropolitana, tem a mesma população que 5 países. A zona sul, com 3,5 milhões de habitantes, tem tanta gente quanto o Uruguai; e a zona norte, com 2,2 milhões, tem a população do Kuwait. Também existe um Timor Leste dentro da cidade: na zona oeste, que tem 970 mil habitantes.

FONTES: IBGE (Contas Regionais do Brasil 2004 – PIB a preços correntes, segundo as Grandes Regiões e Unidades da Federação); Banco Mundial (PIB por paridade de poder de compra e população mundial 2006) e Prefeitura de São Paulo.

Empresas que valem a África

A pobreza na África é tão grande que a economia dos países de lá – com exceção da África do Sul – é do tamanho da venda de muitas empresas, inclusive brasileiras. As vendas da Nike são do tamanho do PIB do Níger; as da Nokia equivalem à riqueza de Camarões; e as vendas anuais do Carrefour são do tamanho do PIB da Etiópia. Mesmo empresas brasileiras geram mais riqueza que países africanos, como o Banco do Brasil (Mali), a Petrobras (Líbia) e o Bradesco (Namíbia).

FONTES: The Global Forbes 2000 – As 2 mil maiores empresas do mundo (2005), Banco Mundial – PIB por paridade de poder de compra (2006) e Orozimbo José de Moraes (professor de Economia da PUC-SP).

Os países dentro dos EUA

Se cabem países dentro da economia dos estados do Brasil, toda a economia brasileira equivale a um único estado americano. Com um quarto de todo o dinheiro do mundo, os estados dos EUA são tão ricos quanto grandes países. A Califórnia, estado mais rico, tem o PIB do Brasil; o Texas, o da Coréia do Sul; e o pequeno estado de Nova York tem o PIB de todo o México.

FONTES: Banco Mundial – PIB por paridade de poder de compra (2006), Bureau Economics Analysis (2006).

Cidades tão violentas quanto a Europa

O Brasil é um dos países mais violentos do mundo; a Europa, o continente mais tranqüilo. Tanto que algumas cidades brasileiras têm o mesmo número de homicídios que países europeus. Osasco teve, em 2002, 506 mortes, pouco acima de todos os 494 homicídios da Espanha naquele ano. Do mesmo modo, Curitiba teve tantos assassinatos quanto toda a Alemanha; Salvador, quanto a Inglaterra; e no Recife houve tantas mortes quanto em toda a França.

FONTES: Mapa da Violência dos Municípios Brasileiros da Organização dos Estados Ibero-Americanos (dados de 2002, 2003 e 2004) e Organização das Nações Unidas – Pesquisa sobre formas de crimes e operações do sistema judicial criminal na Europa.