GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Comerciantes do Líbano

1300 a.C. -1100 a.C.<br>Vendendo principalmente madeira e tecidos, os fenícios dominaram o Mediterrâneo entre 1100 a.C. e 500 a.C.

Texto Reinaldo José Lopes

Eles eram os donos do comércio no Mediterrâneo por volta de 1200 a.C. Os fenícios navegavam orientados pelas estrelas, negociando principalmente dois produtos: cedro (madeira abundante em sua terra de origem, o Líbano) e tecidos tingidos com um pigmento que só eles conheciam. Ao longo de 6 séculos, entre 1100 a.C. e 500 a.C., fundaram colônias desde o Chipre até a Espanha. Não inventaram quase nada 100% original, mas aperfeiçoaram tecnologias de povos vizinhos até se transformarem numa rica potência naval e comercial.

Garranchos fenícios
A origem da nossa escrita

A tendência fenícia à praticidade ajudou esse povo a aperfeiçoar o alfabeto – 22 caracteres que logo dariam origem a todos os sistemas de escrita usados no Ocidente até hoje. As letras fenícias originais representavam apenas consoantes, como ainda acontece em certas formas do árabe e do hebraico. Gregos foram os primeiros a acrescentar vogais.