Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Como ler uma pista de aeroporto?

As marcas pintadas no piso indicam, entre outras coisas, a posição e a dimensão da pista.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h26 - Publicado em 31 ago 2007, 22h00

Texto Raphael Hakime

As marcações e luzes de uma pista de aeroporto servem para auxiliar o piloto na aterrissagem manual – quando os instrumentos têm problemas, é nos próprios olhos que os pilotos devem confiar. As marcas pintadas no piso indicam, entre outras coisas, a posição e a dimensão da pista. Como as aeronaves podem usar ambas as cabeceiras para pouso ou decolagem (o sentido vai depender da velocidade e direção do vento, por exemplo), as marcações se repetem nas duas extremidades da pista.

O que o piloto vê

As marcações no chão do aeroporto orientam o pouso

Marcas de zona de toque

Medem o comprimento da pista e ajudam a orientar o piloto após o pouso. São 6 conjuntos paralelos de faixas, com intervalo de 150 metros entre eles. Os 2 primeiros conjuntos têm 6 faixas e os seguintes, 4 e 2 faixas. Quase sempre uma dessas marcações coincide com o ponto de toque.

Iluminação

Usada em pousos em condições de pouca visibilidade (à noite ou sob nevoeiro, por exemplo), serve para o piloto calcular a inclinação ideal da aeronave em relação ao solo na hora de pousar. Funciona assim: dependendo do ângulo, o piloto enxerga luzes brancas ou vermelhas. Ele deve ver luzes das duas cores – se avistar só uma delas, o ângulo é alto ou baixo demais.

Cabeceira da pista

Continua após a publicidade

Série de faixas longitudinais pintadas no início da pista. Do alto, o piloto pode calcular a largura da pista de acordo com o número de faixas – quanto mais faixas, mais larga é a pista.

Ponto de toque

Indica o local ideal de contato do trem de pouso com o solo. O sistema automático de orientação da nave a induz a pousar perto deste ponto.

Numerações

Indica a posição da pista em relação ao norte magnético. Não é tão complicado: em uma bússola (veja esquema abaixo), o norte corresponde a 00, o leste a 900 e assim por diante. A diferença, na numeração da pista, é a ausência do último algarismo (110 vira 11, por exemplo). A cabeceira oposta sempre terá o ângulo oposto: se uma está a 9, a outra está a 27. A letra L significa left (“esquerdo”) e R quer dizer right (“direito”).

Setas amarelas:

Pintadas imediatamente antes da cabeceira da pista, servem para deixar bem claro ao piloto que ele só pode tocar o solo depois daquele ponto.

Continua após a publicidade

Publicidade
História
Como ler uma pista de aeroporto?
As marcas pintadas no piso indicam, entre outras coisas, a posição e a dimensão da pista.

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade