GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Controle da natalidade: filho na hora

No início do século, a enfermeira americana Margareth Sanger (1883-1966) cunhou o termo controle da natalidade. Fez tanto barulho por essa causa que acabou presa por trinta dias em 1917. Mas não desistiu. Com o dinheiro levantado por várias organizações ao longo dos anos, ela se apresentou em 1951 ao biólogo americano Gregory Goodwin Pincus (1903-1967). Foi uma escolha feita a dedo. Formado na Universidade Harvard , Pincus havia estudado como poucos a fisiologia da reprodução. Margareth o convenceu a abandonar qualquer outra pesquisa para desenvolver um contraceptivo eficaz e seguro. Assim, o cientista provou que os hormônios femininos progesterona e estrógeno podiam impedir a ovulação feminina. Em 1953, apresentou à sua patrocinadora a primeira versão da pílula anticoncepcional. Os testes com mulheres foram realizados no final dos anos 50, no Haiti e em Porto Rico. De lá para cá, a pílula sofreu ajustes na dosagem, mas ainda é o método mais eficiente para evitar a gravidez.