GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Fãs de Napoleão exageravam a sua dor

Por que Napoleão andava com a mão dentro do casaco?

O pobre imperador francês sofria fortíssimas dores de estômago. Não se sabe exatamente se a causa era úlcera ou câncer. O certo é que a doença começou a se agravar em 1817, quando ele tinha 48 anos. Em março de 1821, Napoleão caiu de cama e dela não saiu mais até a morte – cujo motivo é polêmico até hoje –, no dia 5 de maio do mesmo ano. É bem possível que o mal o obrigasse, vez por outra, a enfiar a mão no casaco para pressionar o abdome. Mas isso não acontecia o tempo todo, diferentemente do que mostram muitos dos quadros que o retrataram.

Na época de Napoleão (1769-1821), e logo depois da sua morte, predominava o neoclassicismo nas artes. “Uma das fortes características desse estilo é valorizar o caráter heróico dos personagens”, conta o historiador Renato Brollesi, do Museu de Arte de São Paulo (MASP). Assim, exagerava-se o lado mártir de Napoleão. “Era uma forma de dizer: apesar de todo o seu sofrimento, esse homem se sacrifica pela pátria”, diz Brollesi. Os principais pintores a representar o imperador foram os franceses Jacques-Louis David e Antoine Gros. Mas a imagem com a mão na barriga acabou sendo copiada por vários outros artistas.