Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Grande invento

Nanotubo de carbono captou sinais e reproduziu rock de Eric Clapton

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h19 - Publicado em 30 nov 2007, 22h00

Texto Marcos Nogueira

Um único nanotubo de carbono com pouco mais de 1 milésimo de milímetro de comprimento foi capaz de desempenhar todas as funções necessárias a um rádio: antena, sintonizador, amplificador, e por aí vai. O incrível aparelhinho foi criado na Fundação Nacional de Ciência dos EUA e reproduziu um sinal gerado lá mesmo em um alto-falante de dimensões normais. Segundo a equipe que desenvolveu o badulaque, o menor rádio do mundo tem, sim, utilidade: ele possibilita a criação de pequenas máquinas controladas por rádio que podem ser injetadas na corrente sanguínea para realizar cirurgias, por exemplo. A primeira música tocada pelo nanorrádio foi Layla, do roqueiro inglês Eric Clapton.

Publicidade