GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Há 10 000 anos plantando abóboras

Nira Worcman, de Nova York

Treze sementes de abóbora, encontradas numa caverna mexicana em 1966, saíram das gavetas do Instituto Nacional de Antropologia e História do México para a fama. Elas mostram que os povos primitivos das Américas começaram a cultivar plantas há 10 000 anos, na mesma época em que a agricultura nascia no Oriente Médio e na China. A descoberta foi feita pelo arqueólogo Bruce Smith, do Instituto Smithsonian, em Washington. Até então, como a maioria dos cientistas, Smith acreditava na hipótese conservadora, de que as plantas selvagens só tinham sido domesticadas de cerca de 5 000 anos para cá. Mas mudou de idéia. A prova de que as abóboras mexicanas foram mesmo plantadas vem do tamanho das sementes, maior que nas espécies selvagens. “Há 8 000 anos, os homens da caverna mexicana já começavam a selecionar as melhores abóboras para plantio”, disse Smith à SUPER. “Eles preferiam as maiores, mais alongadas.”