GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Livros

Ele ainda explica por que defendeu a Guerra do Iraque, atacando idéias sempre repetidas, como a de que Bush mentiu para entrar na guerra.

Sobre o Islã

Ali Kamel, Nova Fronteira, 320 páginas, R$ 34,90

O jornalista Ali Kamel sabe desmontar uma polêmica com os mitos que a cercam. Em Não Somos Racistas, mostrou que é a pobreza, e não a cor da pele, que segrega o Brasil. Seu novo livro é um esforço para separar a religião muçulmana dos atos terroristas. Para Kamel, os radicais islâmicos não são os restauradores da pureza do islã, e sim assassinos que adaptam o Alcorão para justificar crimes.Ele ainda explica por que defendeu a Guerra do Iraque, atacando idéias sempre repetidas, como a de que Bush mentiu para entrar na guerra.

Frase: “Eles sabem que fundamentalista sem poder político é um leão sem dentes: não apedreja, não fere, não mata, não obriga a usar o véu; apenas prega sua visão estreita do mundo.”

Para quem desconfia.

Texto Leandro Narloch

Darwin Awards

Wendy Northcutt Matrix, 272 páginas, R$ 27,90

Darwin Awards é uma obra que agradece aos anônimos por contribuírem para o aperfeiçoamento genético da raça humana. Como? Morrendo de forma idiota. O livro bem-humorado conta feitos grandiosos e fatais, como o do sujeito que acende um fósforo para ver o nível do tanque de gasolina do caminhão, do que entrou num triturador de gelo com ele funcionando, ou ainda da mulher que foi consertar a antena da TV enquanto um furacão passava por sua casa. A autora, Wendy Northcutt, bióloga molecular, garante que todos os casos são verídicos, tirados de grandes jornais e noticiários locais.

Frase: “A evolução elimina os motoristas que saem costurando entre as pistas da estrada enquanto tagarelam no celular.”

Para quem não quer ganhar esse prêmio.

Texto Nina Weingrill

O Carrasco do Amor

Irvin D. Yalom, Ediouro, 288 páginas, R$ 34,90

Antes de ficar famoso com o livro Quando Nietzche Chorou, Irvin D. Yalom já havia recorrido a seus pacientes para aproximar a psicologia do público leigo. O Carrasco do Amor, escrito em 1989 e lançando só agora no Brasil, navega contra a idéia de culpar os traumas infantis por todos os desvios e patologias individuais. Yalom prega que cada ser humano carrega uma dor existencial que explica medos e frustrações – e mostra o efeito dessa dor em 10 histórias inspiradas em casos clínicos.

Frase: “Quatro dados são particularmente relevantes para a psicoterapia: a inevitabilidade da morte, a liberdade de viver como desejamos, nossa condição fundamental de solidão e a ausência de significado ou sentido óbvio para a vida.”

Para quem precisa se conhecer.

Texto Cláudia Zucare Boscoli