Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

O código dos pedófilos

FBI desmonta a comunicação secreta dos molestadores de crianças

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h20 - Publicado em 31 jan 2008, 22h00

Texto Marcos Nogueira

Toda subcultura tem seus códigos de identificação: os católicos carregam a cruz (literalmente) em correntes no pescoço, os gays penduram bandeiras de arco-íris na fachada de suas casas e assim por diante. Pois não é que a regra vale também para os pedófilos? Eles criaram símbolos que distinguem quem gosta de meninos, de meninas ou de ambos. Esses ícones são tatuados, usados em jóias e até em moedas, como mostrou um relatório feito pelo FBI, que decifrou a linguagem secreta dos molestadores de crianças.

AMANTES DE MENINOS

O triângulo em forma de espiral é usado por homens que gostam de abusar de meninos. O triângulo maior simboliza o homem adulto, que envolve o triângulo menor – a criança.

AMANTES DE MENINOS PEQUENOS

Continua após a publicidade

Quase igual ao anterior, a não ser por um detalhe sutil: as linhas dos triângulos são bem mais tênues, para explicitar que o pedófilo em questão tem preferência por garotos realmente muito jovens.

AMANTES DE MENINAS

Obedece à mesma lógica que o símbolo dos amantes de meninos – o adulto envolvendo a criança –, mas com corações no lugar dos triângulos. É usado por pedófilos de ambos os sexos.

AMANTES DE CRIANÇAS

Há duas figuras para pedófilos que abusam de crianças de ambos os sexos: uma mistura o símbolo dos molestadores de meninos com o dos amantes de meninas; a outra representa uma borboleta.

Continua após a publicidade
Publicidade