Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Quais foram os ditadores mais assassinos da história?

Mao aí.

Por Roberto Navarro Atualizado em 1 mar 2019, 19h07 - Publicado em 30 nov 2007, 22h00

Foi Mao Tsé-tung, responsável pela morte de 77 milhões de chineses. Em termos relativos, no entanto, o líder mais sanguinário foi Pol Pot, ditador do Camboja entre 1976 e 1979. Em seu breve períodos, ele assassinou 2 milhões de pessoas – menos que Mao ou Hitler, mas equivalente a um terço da população de seu país.

Abaixo, segue uma lista com os nove ditadores mais assassinos em números absolutos. Ela contabiliza total de mortes causadas pela ação direta ou indireta do líder. Isso inclui desde fuzilamentos até grandes fomes causadas por uma guerra civil, por exemplo. Os números foram coletados pelo cientista político e historiador americano Rudolph J. Rummel (1932-1914), que escreveu uma séries de livros sobre o assunto.

Os maiores matadores, de acordo com o historiador Rudolph J. Rummel 

1) Mao Tsé-tung – 77.000.000

2) Stálin – 43.000.000

3) Hitler – 20.000.000

Continua após a publicidade

4) Kublai Khan – Mongólia (1215-1294) – 19.000.000

5) Imperatriz Cixi – China (1835-1908) – 12.000.000

6) Leopoldo 2º – Bélgica (1835-1909) – 10.000.000

7) Chiang Kai-shek – China e Taiwan (1887-1975) – 10.000.000

8) Gêngis Khan – Mongólia (1162-1227) – 4.000.000

9 Hideki Tojo – Japão (1884-1948) – 4.000.000

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade